[leia] Uern é pressionada a criar campus, mas freia cerco.

O Conselho Universitário da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (CONSUNI/UERN) decidiu, após ampla discussão realizada nesta terça-feira (23), por 17 votos a 16, formar uma comissão para discutir e elaborar a minuta de resolução para a criação do Campus Avançado de Apodi.

A reunião durou cerca de 6 horas. Ao final, manifestantes oriundos do Apodi, em sua maioria estudantes, criaram dificuldades para saída dos membros do colegiado, mas tudo foi contornado sem maiores atritos.

Durante a reunião, estiveram presentes vereadores de Apodi e o prefeito Flaviano Monteiro (PCdoB); os deputados federais Fábio Faria (PSD) e Sandra Rosado (PSB); os deputado estaduais Larissa Rosado (PSB), Gilson Moura (PV); Getúlio Rêgo (DEM) e Kelps Lima (PR); estudantes universitários e secundaristas; professores; o reitor Milton Marques de Medeiros e o reitor eleito e nomeado Pedro Fernandes.

Também estiveram presentes o vice-reitor Aécio Cândido e vice-reitor eleitor e nomeado Aldo Gondim. O reitor Milton Marques de Medeiros presidiu a reunião e abriu espaço para que as autoridades e representantes dos estudantes se pronunciassem. Também foi aberto espaço para que os conselheiros pudesse se pronunciar e fazer questionamento às autoridades presentes.

Para Milton, não houve um voto contra a criação do campus, mas uma ponderação, à cata de mais informações. “Acreditamos que no prazo máximo de 30 dias, a comissão já terá condições de ter um posicionamento sobre essas questões e saber se a UERN tem condições de criar um campus com qualidade”, justificou o reitor.

A Construção do Campus de Apodi tem atualmente R$ 1 milhão de emenda ao Orçamento Geral da União (OGU) de autoria do deputado federal Fábio Faria. Os recursos foram liberados, mas servem apenas para o início da obra.

O líder do governo Getúlio Rêgo chegou a garantir que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) deu a palavra de que colocará mais recursos para a obra. A comissão é composta pelos professores João Freire, Kelânia Mesquita, Ivonete Soares, Zezineto Mendes, a TNS Rita de Cássia Vidal Negreiros e o estudante Petrônio Andrade.
Blog do Carlos Santos

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.