[leia] UFC: cansado de ganhar, Anderson sentiu alívio ao perder.

Foram 2.458 dias como o campeão da categoria peso-médio do UFC. Em boa parte desses quase sete anos, o cinturão foi acompanhado de outro título, o de melhor lutador de MMA de todos os tempos. Imbatível, super-herói, invicto no torneio e sem nenhum adversário à altura, Anderson Silva, de 38 anos, carregava um fardo que nenhum outro lutador sentia sobre seus ombros todas as vezes que subia no octógono.

Depois da queda, no primeiro nocaute sofrido em sua carreira, no UFC 162, em Las Vegas, não houve lágrimas nem desespero. O brasileiro abraçou seu algoz, Chris Weidman, avisou que o americano agora era o legítimo campeão e discursou em tom de despedida. "Gostaria de agradecer pela oportunidade de lutar no UFC. Isso mudou minha vida. Pude construir muita coisa para a minha família”, afirmou, pouco antes de negar o desejo de disputar uma revanche.

O Spider, no entanto, não deverá se aposentar. Sua reação à derrota, tão inusitada quanto a forma como foi derrubado, aos poucos é compreendida por quem acompanhou o longo caminho do ex-campeão até o topo de sua modalidade. Há sinais cada vez mais evidentes de que Anderson Silva estava cansado. Cansado tanto de ganhar como de tudo o que isso acarretava.

O ex-campeão não entregou a luta, como alguns torcedores mais inconformados chegaram a cogitar. Uma vez derrotado, sentiu o baque e ficou abatido. Nos instantes seguintes, no entanto, já parecia estar tranquilo, até aliviado por ter tirado um peso das costas - ou melhor, da cintura - ao passar o cinturão para outro atleta quase dez anos mais jovem.

Numa entrevista gravada antes do combate, ele previa, em meio a risos, uma vitória de Weidman, que seria um desfecho "perfeito" - e já falava que não queria dar o troco no americano. "Estou cansado, irmão. Nada de revanche. Eu ganho, ganho... Vamos para outras lutas." Sua filha mais velha, Kaory, que o recebeu no aeroporto de Los Angeles junto com a mulher, Dayane, na segunda, escreveu no Twitter que o pai não perde de ninguém se não quiser e que sabe "que ele se cansou disso tudo".
Fonte: Veja
[leia] UFC: cansado de ganhar, Anderson sentiu alívio ao perder. [leia] UFC: cansado de ganhar, Anderson sentiu alívio ao perder. Reviewed by Blog Pindoba Notícia on 10:50 Rating: 5

Nenhum comentário