[leia] Carne de porcos criados em lixão é vendida em cidades como Apodí, Mossoró, Felipe Guerra e Baraúna.

O jornal impresso “O Vale do Apodi” publicou uma reportagem especial em sua edição de sábado 26 de outubro de 2013, que é uma denúncia gravíssima e serve como alerta à saúde pública do Rio Grande do Norte.

Porcos criados em lixão na cidade de Apodi, em meio a toda origem de dejetos, são abatidos e depois comercializados no próprio município e em outras cidades da região Oeste como Felipe Guerra, Mossoró e Baraúna.

A carne de acordo com o que apurou o jornal Vale do Apodí, não passa por qualquer tipo de inspeção por parte dos órgãos compententes da saúde pública do nosso estado.

“São dezenas deles – de vários tamanhos, vivendo em meio a urubus, animais mortos e até fezes, sem nenhuma fiscalização”, alerta a reportagem.“Os porcos criados no lixão comem até lixo hospitalar depositado no local”, garante o jornal O Vale do Apodi.
O Câmara 2

Um comentário:

Anônimo disse...

Isso sem dúvida é alarmante, entretanto, não é uma realidade exclusiva de Apodi, pois aqui mesmo em Felipe Guerra essa pratica é vista, cabe ao poder publico fiscalizar como é a criação desses animais em nosso município e orientar os criadores sobre os riscos. A vigilância sanitária e as secretarias de saúde e agricultura deveriam fiscalizar esses criadores e promover capacitação para eles.

Tecnologia do Blogger.