[leia] Projeto do MDA deverá Revitalizar Horto Florestal de Felipe Guerra.

Numa iniciativa do Governo Municipal através da Secretaria de Agricultura e do Meio Ambiente está aos poucos sendo retomada a discussão da Revitalização do Horto Florestal que, segundo relatos de populares e conhecedores do local, está abandonado e tomado por árvores de Algaroba, localizado na comunidade rural de Boqueirão, num terreno que atualmente está cedido ao Centro Social Pedra de Abelha, mas que antes esteve sob o domínio do IBAMA.
 
No mês de junho do ano passado, uma visita importante para administração Municipal aconteceu oportunidade em que certo atenção foi dada ao Horto Florestal de Felipe Guerra.
 
Uma equipe da Secretaria Agricultura e do Meio Ambiente à frente o Secretário Fernando Morais e Railton Pascoal subsecretário, ao lado de uma equipe do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) comandada pelo gestor de Rizicultura (Arroz) Professor Roberto Brígido e o técnico da empresa Gadelha com a recepção do Chefe de Gabinete Luiz Aguinaldo de Souza, procedeu a uma visita ao Horto Florestal de Felipe Guerra.

À época, foi feita visita ao Horto Florestal na busca da implantação de todo um processo da cultura de hortas orgânicas, canteiros de mudas para o reflorestamento às margens do rio Apodi-Mossoró.

“O Prefeito Haroldo Ferreira quer revitalizar uma  das bases econômicas do município que a  agricultura de subsistência que é o arroz e da mesma forma fortalecer a agricultura familiar com geração de ocupação e renda”,  relatou Fernando Morais naquela visita em junho de 2013.
 
 Outro manejo nos canteiros que na ocasião se cogitava era a implantação de plantas medicinais. O Secretário Fernando Morais anunciava que na Rizicultura de Felipe Guerra, deveriam ser incluídas as associações de Lagoa Seca, do Brejo, e da Várzea de Baixo. A cultura do arroz orgânico teria a assessoria da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). 
 
Projeto do MDA/EMATER 
Agora a idéia ressurge com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e da Empresa Brasileira de Assistência e Extensão Rural (EMATER-RN), é o que relata o Secretário de Agricultura e do Meio Ambiente Fernando Morais.     

A Delegacia Federal do MDA no Estado do Rio Grande do Norte, através do seu delegado Raimundo Costa Sobrinho, encampa a idéia de ser elaborado com o apoio da EMATER-RN um projeto bem embasado para a total revitalização do Horto Florestal de Felipe Guerra.
 
Fonte: Assecom 

2 comentários:

Anônimo disse...

a emater esta fechada

Anônimo disse...

A emater é uma entidade federal, logo a responsabilidade da manutenção da mesma é o governo federal e não a prefeitura de felipe guerra

Tecnologia do Blogger.