[leia] Polícia prende homem acusado de estuprar duas filhas na Chapada do Apodi.

Acusado disse que vinha mantendo relação com as duas filhas desde quando elas tinham 13 e 14 anos.

Rosimar Silva “Pajè
APODI – Policiais da Delegacia de Policia Civil de Apodi sob o comando do delegado, Renato da Silva Oliveira, prenderam na tarde de quinta-feira (22/05), em uma comunidade rural na Chapada do Apodi, o agricultor, Rosimar Silva “Pajè”, 34 anos, natural de Umarizal no Médio Oeste, mas que há muitos anos reside no perímetro rural apodiense.

Os policiais cumpriram o mandado de prisão expedido pelo juiz Osvaldo Cândido de Lima Junior, que esta respondendo pela Vara Criminal Comarca de Apodi e encaminhou o agricultor, Rosimar Silva “Pajé”, para a carceragem do Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP), sobre a acusação de ter abusado sexualmente de duas filhas adolescentes, com idades de 16 e 17 anos.

Em contarto com a a reportagem, o “Pajé” disse que vinha mantendo relação com as duas filhas desde quando elas tinham 13 e 14 anos, respectivamente, mas ele garantiu que não foi à força. A mãe das garotas tinha conhecimento dos abusos e mesmo assim vivia normalmente com o “Paje”.  O fato revoltou os moradores da Chapada do Apodi.

De acordo com o delegado Renato da Silva Oliveira, uma das filhas do Rosimar Silva, cansou de ser abusada pelo pai, fugiu de casa e procurou a Delegacia de Policia para denunciar o abuso e ainda denunciar que sua irmã também estava sendo abusada. “Foi a partir da denuncia dessa adolescente que descobrimos que a própria mãe delas também sabia dos abusos, inclusive chegou a presenciar o pai mantendo relações com a própria filha”, comentou o delegado.

As foram encaminhadas pelo delegado, Renato Oliveira, para passarem por exames no ITEP - Instituto Técnico-Científico de Polícia do Rio Grande do Norte em Mossoró, onde foi confirmado o abuso sexual, após os resultados e ouvir familiares das duas adolescentes, o delegado Renato Oliveira, solicitou a Prisão Preventiva do acusado que de imediato fora decretada pela justiça.

A Policia Civil de Apodi vem realizando um trabalho de combate a crimes de abusos sexuais contra crianças e adolescentes como também trafico de drogas. Qualquer informação pode ser repassada para o 190 da Policia Militar ou 3333 – 2737 da Policia Civil, não é necessário se identificar.
Por: Márcio Morais

Um comentário:

Anônimo disse...

quanto a vagabunda da mãe vai acontecer o que?

Tecnologia do Blogger.