Com apenas 6 vereadores, câmara aprova projeto de lei para doação de Terreno.

Neste sábado 19 de julho, ás 19:00 horas na sede do Poder Legislativo palácio Ver. Joel Canela; foi realizada a votação do Projeto de Lei número 18/2014 oriundo do Poder Executivo que tinha como objetivo autorizar o Executivo Municipal doar imóvel de propriedade do Município a entidade civil sem fins lucrativos mediante cláusula de inalienabilidade e reversibilidade ao patrimônio do Município.

Com a aprovação deste importante Projeto de Lei na Câmara, fica o Poder Executivo autorizado a construir 50 Casas Populares para a população de baixa renda, através do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), que luta pela Moradia Digna, através de programas habitacionais no contexto do Programa Minha Casa Minha Vida. 

O Projeto de Lei voltado para o desenvolvimento do município, contou com apenas (06) autênticos representantes do povo presente na casa legislativa, aonde o vereador Salomão Gomes de Oliveira, presidiu  os seus trabalhos legislativos de maneira tranquila, sendo sempre de maneira regimental. 
A sessão extraordinária aconteceu em segunda convocação, pois na primeira não houve quórum suficiente para a realização da mesma, já que os vereadores(a) estão de recesso, e ontem foi a votação no que foi aprovado por dois terços dos Edís, com a ausência de três vereadores da oposição, são eles: Genilson Nogueira, Jânio Silveira e Pedro Cabral.

A única vereadora de oposição que compareceu e fez o seu papel, foi a vereadora Joedna Canela(DEM) que usou da palavra na tribuna e disse que como vereadora de oposição e no desejo de reconhecer a necessidade de moradia não podia deixar passar esta oportunidade de pessoas carentes a serem beneficiadas com estas casas no total de 50 (cinquenta) unidades.
Vereadora Joedna Canela (DEM)
O vereador de base situacionista, Djalma Laurindo da Silva, usou da palavra e lamentou a ausência de vereadores oposicionistas, ao relembrar um fato da primeira gestão do ex-prefeito Braz Costa, aonde o vereador era presidente da câmara municipal e oposição ao Governo na época, juntamente com os vereadores Francisco Ubiracy Pascoal, Otoniel Maia, e os ex-vereadores Reginaldo Luciano da Costa e Luiz Agnaldo de Sousa, que nem por isso deixaram de apreciar e aprovar um projeto de lei que beneficiaram 100 famílias, pois era para doa o terreno aonde foi construído o "Conjunto Chiquinha Leite".

"Talvez a sociedade não conheça essa história, mais nessa época os representantes de Felipe Guerra todos votaram pelas 100 casas e hoje só a vereadora Joedna Canela, vem aqui dizendo representar a oposição, fico muito triste com a atitude do nobre colegas de bancada oposicionista", enfatizou o vereador Djalma Laurindo.
Vereador Djalma Laurindo (PROS)
Fotos: Blog da V. Joedna e FG em Movimento
Com apenas 6 vereadores, câmara aprova projeto de lei para doação de Terreno. Com apenas 6 vereadores, câmara aprova projeto de lei para doação de Terreno. Reviewed by Blog Pindoba Notícia on 09:29 Rating: 5

3 comentários

Anônimo disse...

esses três vereador mereçe seu voto? esses três só pensam em se própio. por isso pense antes de votar.

Anônimo disse...

eles três Genilson,janio barra,Pedro Cabral.esses três são contra a construção da casa própia porque eles tem uma pra morar.

Anônimo disse...

Parabéns pela sua atitude!!