Pesquisar....

Confira detalhes da Entrevista do Prefeito Haroldo Ferreira na Rádio FM Liberdade.

O Prefeito Haroldo Ferreira participou sábado (23), do Programa Comunidade em Debate, Apresentado pelo ex Vereador Joel Neto na Fm Liberdade da comunidade da Santana. 

Acompanhou o prefeito ao programa, o chefe de Gabinete, Luiz Agnaldo, Secretária de Saúde, Girlene Ferreira, Secretário de Esporte Cultura e Lazer, Brunno Antunes, Secretário de Turismo e Eventos, Genicleyton de Góis, Assessores de Comunicação Luis Flávio e Fernanda Canela, Ex-Vice-Prefeito Chicão, o presidente da câmara, Vereador Salomão Gomes, juntamente com os vereadores, Ubiracy Pascoal, Paulo César, Ronaldo Pascoal e Djalma Laurindo. 

O programa durou cerca de 2 horas, em que o Prefeito falou de vários temas, principalmente no âmbito Político e Administrativo. Logo após o programa, o Prefeito Junto com a comitiva almoçou na residência de Abdemes e depois foram visitar Dona Vânia de João de Maro e amigos da Santana.

INFRAESTRUTURA - Em sua entrevista, o prefeito de Felipe Guerra, Haroldo Ferreira (PROS), explica a falta de investimento em calçamento, o motivo foi que o dinheiro que era pra ter sido investido em calçamento, o mesmo teve que comprar terrenos, já que os terrenos que pertenciam a Prefeitura, as chamada zona verde, foram vendidos irregularmente e, para que a construção da UBS da cidade alta, ampliação do cemitério, construção do novo Conj. habitacional acontecesse, o Governo Municipal teria que adquirir os terrenos. O Prefeito falou também nos investimentos que já vez e está fazendo em infraestrutura. 

ASSISTÊNCIA SOCIAL - O Prefeito fala que toda Felipe Guerra estava cadastrada no Bolsa Família, mais uma da caixa de Pandora deixada pela Gestão anterior. "Nos tinha 1.800 Famílias cadastradas no Bolsa Família, isso quer dizer que multiplicando por 3, dar 5.400 pessoas. Ou seja, quase toda Felipe Guerra estava cadastrada no Bolsa Família. Isso não existe", disse.

TRANSPORTE - Lembrou da precaridade do transporte público escolar, e durante sua gestão a frota escolar duplicou para 6 transportes.

SAÚDE - O prefeito falou que mesmo com muitas limitações a Gestão vem oferecendo um atendimento de Saúde de Qualidade e, quem pode comprovar isso são os Funcionários do setor, que já testemunhou como funcionava antes e como está hoje, e as pessoas que são de fora do limite de Felipe Guerra mais mesmo assim procuram atendimento por aqui. "Não sou eu que tem que dar a resposta, e ninguém melhor do que esses pacientes, e motoristas que trabalha na unidade de Saúde, que já vem das gestões passadas, que podem dar seu depoimento de como era antes e hoje na Saúde de Felipe Guerra"

PAGAMENTOS - O prefeito explicou sobre o Calendário de Pagamento, mesmo com a queda do FPM ele vem conseguindo manter o pagamento dos efetivos em Dia, coisa rara antes. "Nos ainda não implantamos um calendário definitivamente em dia, mas dentro das nossas condições no município, estamos lutando para que nossos servidores se sinta valorizados, e graças a Deus, hoje eles recebem rigorosamente em dia".

POLÍTICO - Quando indagado pelo apresentado do programa, Joel Canela, sobre o tema político, bem como rompimento politico com grupo do ex-prefeito Hugo Costa. O prefeito Haroldo Ferreira, disse que não tirou ou mandou ninguém sair do partido. "E essa pergunta é ele (Hugo), quem poderia responder. Agora se existia um outro interesses maiores, a questão é dele, porque a minha é administrar Felipe Guerra". 
PARTIDO - Em seguida o prefeito falou sobre sua mudança de Partido PSD por PROS. "Eu fui pro PSD, não porque quisesse no momento da política estadual, sou ligado uma Família, que dá sustentação ao Governo Rosalba Ciarlini. E a recomendação da Família, era ir ao partido novo PSD, do Vice-Governador Robinson Faria que fazia parte do Governo, e no momento que Robinson deixou o governo, depois eu tive que sair, porque não tínhamos acesso a Robinson".

OPOSIÇÃO - Em suas palavras, o prefeito falou sobre o Radicalismo da oposição, da turma quanto pior melhor que fica torcendo para dar tudo errado: “- isso é muito pequeno isso é espelho de gente mutilada. Felipe Guerra precisa de gente de visão ampla, não queremos entrar nesse jogo de picuinhas, o que voga são ações”. No final de 4 anos Haroldo vai deixar um legado na Santana, em torno de um milhão de reais em Obras. 

Colaboração: Assecom
BERIKAN KOMENTAR ()