Pesquisar....

Secretária de Saúde de Felipe Guerra, disse que Médico usava horário de Expediente para pedir Votos.

Esta semana, durante uma movimentação política em prol da campanha do deputado Estadual Kelps Lima na cidade de Felipe Guerra, o ex-prefeito da cidade de Apodi, Dr. Pinheiro, fez uma declaração polêmica na reunião que aconteceu na sede da colônia de pescadores de Felipe Guerra.

Em seu pronunciamento, segundo os blogs apodienses, o ex-prefeito de Apodi, José Pinheiro Bezerra, fez questão de usá os microfones no momento da reunião política e em sua declaração, o médico apodiense disse que será ‘adversário ferrenho’ de Haroldo Ferreira pela forma que ele o tratou ao demiti-lo do hospital municipal. 

A declaração do médico apodiense causou polêmica na cidade, inclusive vários questionamentos acerca dessa demissão. Alguns aproveitam o episódio nas redes sociais para criticar a gestão de Haroldo de uma forma geral.

A secretária municipal de Saúde, Drª Girlene Ferreira, deu entrevista em um programa de rádio na cidade, para explicar aos ouvintes os motivos que levou essa demissão e outros assuntos. Porém, o nosso blog entrou em contato pessoalmente com a Secretária Drª Girlene Ferreira, para que ela explicasse o real motivo dessa demissão aos nossos leitores.

O motivo da demissão teria sido a forma em que o médico José Pinheiro, tratava os funcionários do Hospital. Ele estava aproveitando o horário do expediente de trabalho para ‘pedir votos para seu candidato’. “Nós do Governo, não fazemos isso no Hospital, porque ele vai fazer?”, interrogou a Secretária Girlene.

Quando indagado sobre a declaração do médico, quando este dizia que seria contra o Governo do Prefeito Haroldo Ferreira. “Ficamos horrorizados, com a função dele, pois ele foi prefeito de Apodi, e será que ele não tem consciência disso?, pois como gestor, será que ele ia permitir que fizessem campanha para outro candidato dentro do Hospital de seu município?”. disse a Secretária Girlene Ferreira.

Além disso, outro motivo que levou essa demissão era que o médico Dr. Pinheiro, trazia várias pessoas do município vizinho e de sua origem, Apodi, para fazer consultas, conceder medicamentos e liberava á ambulância para deixar seus pacientes para o próprio município de Apodi.

A secretária de Saúde lembrou que a Saúde do município de Felipe Guerra, é financiada pelo Piso de Atenção Básica (PAB), e este recurso é proporcional pela quantidade de Habitantes, o chamado per capita que corresponde o valor do recurso pela quantidade de habitantes no município.

A partir do momento que vou atender Apodi, estou tirando recursos de Felipe Guerra para Apodi. É correto?”, e seguiu externando sobre os atendimentos. “Porém nos casos de Urgência como sistema Universal, temos o dever de atender os municípios de Apodi, Caraúbas e etc., mas consultas e medicamentos, nós temos a responsabilidade somente para o porte de Felipe Guerra”. disse a secretária.

Durante a sua participação na rádio, várias pessoas ligaram e parabenizaram a Secretaria de Saúde, Girlene Ferreira, pelo esforço e trabalho que tem realizado para a Saúde do município. 

Foto 1: Jair Gomes / Foto 2: Assecom/FG
BERIKAN KOMENTAR ()