Pesquisar....

O leito do rio Apodi-Mossoró secou totalmente em Felipe Guerra.

Na manha desta segunda-feira (20), registramos algumas imagens do rio Apodi-Mossoró, que passa pelo nosso município de Felipe Guerra, e constatamos um grave problema que vem prejudicando produtores rurais, pescadores e demais atividades dependentes do curso normal do rio, devido a escassez da água corrente no leito do rio Apodi/Mossoró, em cerca de 30 km em território deste município.

O nosso blog, ainda não apurou os motivos que tem levado a seca total do rio Apodi-Mossoró, porém suspeitamos que esse problema seja causado pelo barramento e desvio do rio, na região da chapada do Apodi. É importante ressaltar, que a seca no nordeste, é a Pior nos últimos 50 anos.

O Rio Apodi-Mossoró já passou por esse mesmo problema em 2013, e só foi resolvido, depois da iniciativa do prefeito Haroldo Ferreira  e sua equipe, que articulou reuniões entre órgãos responsável e acordado para solução do rio, voltando a situação normal gradativamente.

Problema em 2013

No ano de 2013, a seca do rio foi provocado pela Prefeitura Municipal do Apodi, e Colônia de Pescadores Z-48 do Bico Torto, que fez um barramento e abertura de canal de desvio do rio Apodi-Mossoró, no trecho das obras do canal dos irrigantes da Chapada do Apodi.

Depois de várias reunião acordada entre os prefeitos Haroldo Ferreira e Flaviano Monteiro de Apodi e outros segmentos interessados, o caso que rumava para uma solução definitiva voltava  a situação de antes, à normalidade do fluxo d’água no leito do Rio Apodi-Mossoró em território de Felipe Guerra. Veja as matérias: (AQUI), (AQUI) e (AQUI).
Publicidade
BERIKAN KOMENTAR ()