Primeiros atos do governo Dilma mostram que o discurso da posse, que elegeu a educação como prioridade, está muito longe da realidade.

mi_1927577077120012"Só a educação liberta um povo e lhe abre as portas de um futuro próspero”, cravou Dilma Rousseff em seu discurso de posse, em 1º de janeiro. A presidente justificou a alcunha de “pátria educadora” dada ao País nesse dia ao afirmar que “democratizar o conhecimento significa universalizar o acesso a um ensino de qualidade em todos os níveis, da creche à pós-graduação”. Palavras de impacto e com o aval de todos os brasileiros.


Afinal, quem ousaria dizer que essa não é uma das áreas mais importantes para o desenvolvimento econômico e social de um povo? Mas medidas tomadas pelo governo mostram que ele está seguindo na direção oposta das palavras que abriram o segundo mandato da presidente eleita.


Da educação básica ao ensino superior, sem distinção, todos os níveis apresentam graves problemas. Recentes mudanças no Programa de Financiamento Estudantil (Fies), por exemplo, podem deixar alunos fora do ensino superior. O corte orçamentário fará com que sejam subtraídos cerca de R$ 7 bilhões dos gastos do Ministério da Educação neste ano, o maior bloqueio entre todas as pastas. Além disso, estudos mostram que a educação básica, que deveria dar sinais de avanço, apresenta desaceleração nos níveis de aprendizado. Levando-se em conta que não se passaram nem dois meses do início de 2015, é impossível não fazer a pergunta: onde está a pátria educadora?


Confira a matéria Completa (AQUI).

Primeiros atos do governo Dilma mostram que o discurso da posse, que elegeu a educação como prioridade, está muito longe da realidade. Primeiros atos do governo Dilma mostram que o discurso da posse, que
elegeu a educação como prioridade, está muito longe da realidade. Reviewed by Blog Foco Notícia on 09:17 Rating: 5

Um comentário

Damião Inácio disse...

Meu caro, Tiago, sou seu vizinho, não sou muito de escrever comentário, mas acho que este eu deveria comentar; fico triste em saber que pessoas como você que deveria ser mais esclarecida, ainda da valor a informação desta grande mídia, que a anos tenta desenformar nossos cidadãos de bem com mentiras, e difamando,pessoas e governo em proo do seus interesse e de um mundo conservador, como é o caso das organizações globo, Veja e esta revista que tu tanto se vangloriou sobre esta matéria, Tiago esta revista que tu refere-se sobre esta matéria, usa de expediente e método fascista para também te enganar; ela não te informa que hoje o mundo vive uma grande crise mundial, provocada pelo capitalismo mundial como os Países Europeus e o EUA, problema este criados por eles pela ganança, através de especulações no setor imobiliário e que estourou em 2010, prejudicando o mundo inteiro especialmente os Países Pobre, portanto hoje começa a da sinais de que esta crise atinge o Brasil, e que o Governos começa a ter problema orçamentário de curto prazo, saiba Tiago que toda isto, esta raiva do Governo Dilma por parte da grande mídia é Porque ela já garantiu a você e a milhões de Brasileiros o recurso da Partilha e o Roayt no Pre-Sal, para Educação e eles não aceita; até destrui a Petrobras eles querem, vou te dar só alguns dado para você refletir sobre os ganho que tivemos com Lula e Dilma na área da educação: o ganho real dos piso salarial dos professores que é o maior de todos os tempos, transporte escolar, merenda, nº de Universidades construída, Campos universitários, Escolas técnicas pesquise veja o que ocorreu no governo Lula e Dilma e no passado, sem falar do Fies que foi ampliado, Prouni, Reuni, lembre-se o ódio da grande imprensa, com Lula e Dilma é porque eles fizeram esta coisas, Justamente para Você e milhares de Brasileiros e que eles não aceita, querem só para eles e seus filhos, vou te dar só uma informação leia, algo nos bons blog' de Jornalista e veja o caso do escândalo do Banco HSBC;, talveís o maior da historia mundial, porque que a grande mídia encobre?; fique ligado se não o bicho te pega, este mundo é capitalista e a grande mídia é uma grande Empresa e defende seu lado não o seu e o meu.