Secretária de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Eventos (SDETE), cria projeto de lei para viabilizar a instalação de empresas no município.

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Eventos (SDETE), Genicleyton de Góis Almeida, nos revelou detalhes de um projeto de lei elaborada pela própria SDETE, para promover o desenvolvimento econômico no município, no qual são estabelecidos os mais diversos itens. O projeto está em fase de conclusão e já foi encaminhado para o Executivo onde foi submetido a apreciação do Prefeito Haroldo Ferreira e o departamento jurídico, sendo aprovado, o projeto segue para ser votado na Câmara Municipal de Felipe Guerra.

De acordo com o secretário, o projeto de Lei tem o intuito credenciar  legalmente o município para  que seja possível a viabilização de incentivos e benefícios para pequenas e médias empresas que queiram instalar-se na nossa cidade. Um dos principais pontos do projeto de lei é um Distrito Industrial do Município de Felipe Guerra – DIFG, cuja a sua finalidade é a instalação de indústrias, agroindustriais, Cooperativas, empresas comerciais e serviço, bem como a ampliação dos empreendimentos existentes, fomentando o desenvolvimento econômico do município. Haverá uma ampla política de incentivos fiscais a ser implementada pelo Município com o objetivo de atrair empresas de forma a permitir um leque maior de opções empregatícias na cidade.

Caso o projeto seja aprovado pelos poderes constituintes e executada, Felipe Guerra estará habilitado a atrair empresas em seu território, gerando empregos, renda e melhor qualidade de vida da população, que se regerá pelas normas instituídas por esta lei. De acordo com o projeto de Lei, um dos benefícios é que a Prefeitura ficará autorizada a doar imóvel (as empresas serão submetidas aos mais diversos critérios de forma a cumprir o critério de doação municipal), oferecer estrutura e conceder vários outros benefícios para as empresas que preencherem os requisitos estabelecidos, entre eles após se instalar no município, é preciso iniciar as atividades no prazo máximo de até dois anos.

Inclusive o município de Felipe Guerra teve algumas oportunidades de instalar algumas empresas ligadas ao ramo de confecções entre outras (AQUI), e devido a falta de um suporte legal como um lei que permitia incentivos por parte do município, não foi possível a legalização para implementar essas empresas na cidade.

Segundo o Secretário Genicleyton de Gois Almeida: “A legalidade do projeto é o nosso primeiro passo para credenciarmos Felipe Guerra a um plano de desenvolvimento econômico. Somos uma terra rica em vários aspectos e extremamente atrativa em alguns pontos para instalação de empresas. Não haverá de imediato ônus nenhum ao município em aprovar esta lei, apenas estamos antecipando alguns pontos que no futuro próximo iremos necessitar. O Prefeito Haroldo Ferreira sempre teve essa visão da geração de empregos, então esse é o momento certo para começarmos a viabilizar o futuro das próximas gerações. Acredito que um verdadeiro líder não se preocupa com as próximas eleições, mas sim com o futuro das próximas gerações.” disse.
Secretária de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Eventos (SDETE), cria projeto de lei para viabilizar a instalação de empresas no município. Secretária de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Eventos (SDETE), cria projeto de lei para viabilizar a instalação de empresas no município. Reviewed by Blog Foco Notícia on 19:20 Rating: 5

2 comentários

Anônimo disse...

uma visão bem além daquela que costumamos ver aqui em Felipe Guerra. Outros tempos vivemos em aqui na nossa terrinha.
Deus é grande e vai nos permitir que nunca mais veremos um Costa na Prefeitura dessa cidade.

Anônimo disse...

a população aguarda ansiosa pelo desenvolvimento e consequentemente pelos empregos gerados por este...desejo, honestamente,que isso se torne real..........