Pesquisar....

Projeto para o desenvolvimento econômico de Felipe Guerra é aprovado na Câmara dos Vereadores.

11041221_10202744278567304_8817174842509091806_nO Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Eventos (SDETE), Genicleyton de Góis Almeida, participou da sessão na Câmara Municipal de Felipe Guerra, na última terça-feira 24, para explicar detalhes de um projeto de lei elaborada pela própria SDETE, para promover o desenvolvimento econômico no município, no qual são estabelecidos os mais diversos itens. Após a apreciação do Prefeito Haroldo Ferreira e o departamento jurídico e encaminhado para o legislativo, o projeto foi aprovado com unanimidade por todos os 6 vereadores que compareceram a sessão, nunca na história da cidade houve uma ação ou plano voltado para o Desenvolvimento Econômico do Município.


De acordo com o secretário, o projeto de Lei tem o intuito credenciar  legalmente o município para  que seja possível a viabilização de incentivos e benefícios para pequenas e médias empresas que queiram instalar-se na nossa cidade. Um dos principais pontos do projeto de lei é um Distrito Industrial do Município de Felipe Guerra – DIFG, cuja a sua finalidade é a instalação de indústrias, agroindustriais, Cooperativas, empresas comerciais e serviço, bem como a ampliação dos empreendimentos existentes, fomentando o desenvolvimento econômico do município. Haverá uma ampla política de incentivos fiscais a ser implementada pelo Município com o objetivo de atrair empresas de forma a permitir um leque maior de opções empregatícias na cidade.


Diante da aprovação, o município de Felipe Guerra já está habilitado para atrair empresas em seu território, gerando empregos, renda e melhor qualidade de vida da população, que se regerá pelas normas instituídas por esta lei. De acordo com o projeto de Lei, um dos benefícios é que a Prefeitura ficará autorizada a doar imóvel (as empresas serão submetidas aos mais diversos critérios de forma a cumprir o critério de doação municipal), oferecer estrutura e conceder vários outros benefícios para as empresas que preencherem os requisitos estabelecidos, entre eles após se instalar no município, é preciso iniciar as atividades no prazo máximo de até dois anos.


Em sua oportunidade em que foi concedido na Câmara, o Secretário Genicleyton de Gois Almeida, agradeceu a aprovação do projeto: “Desde já deixo aqui meu agradecimento pela atenção e aprovação do executivo e legislativo no que respeita o Projeto de lei do Desenvolvimento Econômico. É algo inovador e tenho confiança total da sua aplicabilidade, pois é atrativo para empresas e credencia a cidade para essas inovações. Agora todos nós felipenses, somos agentes dessa mudança, pois caberá a cada um de nós confiar que o desenvolvimento é possível, pois o projeto contempla que de forma que todos tenham possibilidade empreender com responsabilidade e auxilio do município.disse.






O projeto que também recebeu apoio e elogio do grupo de oposição, visa uma ação a longo prazo, de forma a a buscar empreendimentos futuros na nossa cidade. Os materiais de construção usados nas edificações das empresas devem ser adquiridos preferencialmente em lojas com sede em Felipe Guerra. Toda empresa que ficar com mais de 240 dias de inatividade sem justificativa, estará descumprindo a as normas legais e perderá sua concessão de atividade e a doação do imóvel ou terreno.




A aplicabilidade do projeto é de caráter imediato, onde o poder executivo tem como grande desafio a partir de agora, a execução do mesmo, pois esse projeto tem como intuito mudar a historia politica e econômica da cidade. O prefeito Haroldo Ferreira exaltou a importância do projeto: "O dia de ontem (24-03-2015) entra para história de Felipe Guerra como o marco inicial para o desenvolvimento econômico da nossa cidade. Um projeto de lei moderno e voltado exclusivamente para o avanço da nossa cidade."

Publicidade
BERIKAN KOMENTAR ()