PM acaba de recapturar o psicopata Marcelo Sena em Ipanguaçu.

sfbig_934O psicopata Marcelo Pereira Sena, de 35 anos, de Mossoró, que havia fugido do Hospital de Custódia, em Natal, na manhã desta segunda-feira, 27, por um buraco feito na janela do banheiro, foi recapturado no início da tarde desta segunda-feira, 27, em Ipanguaçu.


Após a fuga, o diretor da unidade fez contatos com policiais de todas as regiões, principalmente das cidades onde Marcelo Sena tem familiares residindo como Mossoró e Assu. O destino escolhido pelo fugitivo foi a terra dos poetas.


O comandante Assis Santos, do 10º Batalhão de Polícia Militar, de Assu, sabendo da periculosidade do fugitivo, acionou todas as viaturas da cidade e também das cidades vizinhas para circular procurando o suspeito com as características e cor da roupa.


Ao ser localizado, Marcelo Sena não ofereceu residência. Estava portando uma faca e algumas peças de roupa. Estava sorridente, como sempre, e respondendo abertamente tudo que era perguntado. Macelo Sena é considerado um psicopata por seus atos contínuos.


Em 1999, em Mossoró, ele usou guloseimas para atrair a criança Francisco José Medeiros da Silva, de 12 anos, para o mato, onde lá disse ter tentado ter relações sexuais e depois matou o garoto a pauladas. O corpo foi encontrado no túnel 4 dias depois, perto de casa, no Redenção.


Preso, Marcelo Sena confessou tudo e contou como aconteceu, causando embrulho no estômago de quem ouvia ele falar. Pouco tempo depois, por ter problemas psicológicos, Marcelo Sena terminou sendo posto em liberdade. Não havia onde deixa-lo preso.


Daí ele foi morar na casa da irmã no município de Assu. Lá atraiu o menino Alexandre Lourenço de Araújo, de 9 anos, usando uma caneta lanterna e fez com ele pior do que tinha feito com o garoto Francisco José Medeiros da Silva em Mossoró.


Matou Alexandre Lourenço com uma faca, cravando-a em sua nuca. Depois arrastou o corpo e jogou num lixão na região sul da cidade. Antes, porém, castrou o menino. O investigador Mário Zan, da Policia Civil de Mossoró, quando ficou sabendo do caso, logo avisou a Polícia.


Marcelo Sena foi preso e novamente confessou o crime friamente. Desde então fica perambulando de uma região para outra. Já esteve no Ceará e depois retornou para Mossoró. Foi capturado e colocado no Hospital de Custória, em Natal.


Logo após a captura de Marcelo Pereira Sena, em Assu, o comandante Assis Santos, parabenizou os PMs Aciélio e Carlos, que efetuaram a prisão, agradeceu dos outros e comunicou a direção do Hospital de Custódia em Natal para recolher novamente o psicopata.


Fonte: Mossoró Hoje

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.