Em assembleia, professores deflagram greve na UERN por tempo indeterminado.

sfbig_1367Com 140 votos a favor, 12 abstenções e nenhum voto contrário, os professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) deflagraram greve geral para o próximo dia 25 deste mês.


A decisão foi tomada nesta sexta-feira (22) em assembleia na sede da Associação dos Docentes da UERN (ADUERN).


A categoria reivindica o cumprimento do acordo salarial feito pelo Governo do Estado no ano passado, onde previa o reajuste salarial de 57%.


“O acordo foi de reajustar o salário dos professores em 57%, divididos em quatro parcelas todos os meses de maio deste ano até 2018, mas até agora não foi cumprido”, disse o vice-presidente da ADUERN, João Freire, ao site Mossoró Hoje.


Segundo João freire, o sindicato se reuniu com o governador, na quinta-feira (21), para negociar, entretanto o mesmo alegou que iria consultar sua assessoria jurídica, e não apresentou nenhuma solução.


“Isso foi decisivo para a deflagração da greve”, informou o vice-presidente.


Os próximos passos, segundo o sindicato, será realizar mobilizações no campus Central e nos campi avançados.


A paralisação não tem data prevista para terminar.



Fonte: Mossoró Hoje
Em assembleia, professores deflagram greve na UERN por tempo indeterminado. Em assembleia, professores deflagram greve na UERN por tempo
indeterminado. Reviewed by Blog Foco Notícia on 22 maio Rating: 5

Nenhum comentário