Taxistas Intermunicipais não poderão mais embarcar e desembarcar no Centro de Mossoró.

17540090934_20ea99cede_zA Secretaria de Mobilidade Urbana de Mossoró se reuniu, nesta quarta-feira, 27, com os taxistas intermunicipais para comunicar que, a partir do dia 10 de junho, eles não poderão mais embarcar e desembarcar no Centro. Conforme a nova medida da Semob, todos os taxistas intermunicipais terão que embarcar e desembarcar nos terminais A e B. A ida para cada terminal vai depender da origem de cada táxi. A mudança faz parte da implantação do Novo Sistema de Transporte Público.


O terminal A fica localizado na Avenida Felipe Camarão, em frente ao Aeroporto, e vai receber os passageiros de Baraúna, Governador Dix-sept Rosado, Apodi, Tibau, Grossos, Almino Afonso, Alexandria, Martins, Patu, Pau dos Ferros, Caraúbas, Janduís, Itaú, Lucrécia, Major Sales, Felipe Guerra, Umarizal, entre outras cidades.


Já o terminal B fica localizado no Parque Armando Buá, conhecido como parque da Feira do Bode, e vai receber os taxistas de Assú, Serra do Mel, Upanema, Alto de Rodrigues, Natal, Ipanguaçu, Itajá, Areia Branca, Jucurutu, Macau e etc. A nova medida faz parte da implantação do Novo Sistema de Transporte Público em que visa reorganizar o trânsito local.


De acordo com Charlejandro Rustayne, secretário de Mobilidade Urbana, em cada terminal vai ter um ponto para moto-taxistas e taxistas. “Os passageiros que chegarem de outros munícipios vão ficar no terminal A ou B e para se deslocarem ao Centro devem utilizar o transporte municipal, seja táxi, mototáxi ou ônibus. Vamos manter os terminais abastecidos de transporte para não deixar o passageiro esperando. Essas mudanças são necessárias para implantar esse novo sistema de transporte público”, comenta.


Fonte: Blog da Semob

Taxistas Intermunicipais não poderão mais embarcar e desembarcar no Centro de Mossoró. Taxistas Intermunicipais não poderão mais embarcar e desembarcar no
Centro de Mossoró. Reviewed by Blog Foco Notícia on 22:32 Rating: 5

Um comentário

Anonymous disse...

Isto é mais que um absurdo e falta de respeito com cidadão , pois assim o cidadão que já não tem estes ganho bom, ai agora por capricho de umas pessoas vai ter que paga , duas passagem para chegar até o centro, não é assim que será organizado este trânsito caotico qué é de Mossró, pois deveria pensar no cidadão de bem,se pelos menos o setor de transporte fosse como em outras cidades brasileira que existe a cooparticipação da prefeitura nas tarifa, como o paasageiro paga apens 1,00 real e a outra parte o poder publico cobre, ai sim seria uma maneira e solução, pois hoje Mossoró não tem condição de fazer este ato de crueldade com as populações ciclo vizinhas, acorda seu prefeito que não estamos vendo nada de melhoria na sua gestão.