Veja na íntegra, carta de demissão do secretário de Esporte, Cultura eLazer, Bruno Antunes.

SEGUE:

Queria iniciar minha despedida da pasta do Esporte, Cultura e Lazer agradecendo à todos que contribuíram para os mais de 40 eventos esportivos e culturais ao longo destes 2 anos e meio, ao bom funcionamento do Programa “Nosso Craque sem Crack” e aos eventos realizados ao longo do tempo. Agradecer à confiança da população em meu trabalho, à equipe da secretaria e ao prefeito Haroldo Ferreira pelo apoio e incentivo ao esporte e a cultura.

Em decorrência de minha intenção em prover água para toda a comunidade que envolve o território da Casa do Forró, pela carência que há em nosso setor deste bem precioso posso ter me excedido nas minhas intenções. Buscando fazer uso da máquina do DNOCS para um fim de utilidade pública não obedeci ao comprimento do termo de concessão da área ao patrimônio público e acabei incorrendo em processo administrativo a ser investigado.

Não houve a perfuração do poço, apenas início. Com tudo, e sem intenção de prejudicar a administração pública, peço minha demissão do cargo de Secretário Municipal de Esporte, Cultura e Lazer, me dispondo às decisões da justiça para melhores esclarecimentos. Não permitirei que uma atitude minha atrapalhe o desenvolvimento de Felipe Guerra.

Me entristeço em saber que estou sendo lançado na mídia como um criminoso, responsável pela sede do sertanejo, denunciado e rechaçado pelas redes sociais por pessoas que foram condenadas por crimes com o dinheiro público.

Durante todo o tempo que moro na Casa do Forró a água que temos sempre foi fornecida aos que dela precisam sem cobrança ou compromisso político, até por que não fui e nem sou candidato a mandato público.

Me entristece mais ainda a mídia quando Percebo que fizemos um evento esportivo regional que arrecadou quase 2 toneladas de alimentos para doação à Casa do estudante e que a mídia se quer noticiou, que movimentamos jovens de várias cidades em prol do esporte e nunca vemos uma nota expressiva nas grandes mídias.

Peço desculpas à população felipense, ao prefeito Haroldo pelos danos que possa ter causado ao bem público, por danos futuros, pela minha atitude em tentar prover água para as pessoas que moram perto da casa do Forró.

Saio de cabeça erguida, ciente de ter dado o melhor de mim para desenvolver o esporte e a cultura para afastar diversos jovens das drogas e da criminalidade. Deixo aberto a ordem para quebra de sigilo bancário e telefônico para haver melhor trabalho da justiça.

Sem mais para o momento agradeço à todos que ainda acreditam em minha honestidade e que não sou o monstro fraudulento fantasiado por boa parte mídia.

Brunno Antunes Gurgel Pascoal

2 comentários:

Anonymous disse...

Eu acredito em você Bruno. Haja visto que te conheço desde criança e você demonstrou ser um homem de caráter e sensato, coisa que não se pode dizer daqueles que nada fazem e nada fizeram a frente de uma secretaria quando lá estiveram, e que querem ser santo, o que na verdade só pensam neles, nunca pensaram no povo de nossa cidade.

Carlos Daniel disse...

Bruno fez um trabalho brilhante a frente da pasta de Esporte, mas infelizmente cometeu um erro que poderá prejudicar a administração de Haroldo.
Ele cometeu um ato Improbidade administrativa que é o ato ilegal ou contrário aos princípios básicos da Administração Pública, cometido por agente público, durante o exercício de função pública. É caracterizada, sucintamente, pela violação aos princípios da moralidade, impessoalidade e economicidade e enriquecimento ilícito no exercício, conforme previsto por lei.
Faltou profissionalismo nessa hora.
Boa sorte Bruno, vc é um cara gente boa e seu sucesso fora da política é garantido.

Tecnologia do Blogger.