Relatório do Tribunal de Contas aponta mais de 18 Milhões desviados em Felipe Guerra

A coluna "Pinga Fogo" escrita por Erinaldo Silva, traz informações em primeira mão sobre novos escândalos no município de Felipe Guerra/RN. O novo escândalo de corrupção é ainda maior do que a operação denominada "Ave de Rapina". Confira uma parte da matéria:
Operação "Ave de Rapinha" foi "Fichinha"...
MAIS ESCÂNDALOS A CAMINHO

Quem pensa que a nova onda de escândalos administrativos envolvendo gestões passadas se encerrou com a divulgação de supostas simulações de contratos, saques de valores vultosos em boca de caixa, transferências sem justificativas, das contas da Prefeitura de Felipe Guerra/RN, está redondamente enganado. Ontem tive acesso a um novo Relatório do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCE/RN), referente aos anos 2011 e 2012, das últimas administrações públicas passadas do município de Felipe Guerra/RN, e confesso que me estarreci ao perceber o que ainda está por vir. Faço jornalismo investigativo desde 2009, de lá para cá venho acompanhando todos os escândalos administrativos ocorridos em Felipe Guerra e outros municípios potiguares, e posso garantir que à operação denominada “Ave de Rapina”, deflagrada em Felipe Guerra/RN no ano de 2012, à qual resultou no afastamento do então prefeito Braz Costa (PMDB), foi ‘fichinha’.

MAIS DE R$ 18 MILHÕES

Podem ter sido desviados dos cofres públicos do município de Felipe Guerra/RN, somente entre os anos 2011 e 2012, período que compreende o final da última gestão do então prefeito Braz Costa (PMDB), bem como às gestões interinas de Pedro Cabral (PMDB) e Reginaldo Pascoal (PSD). Pelo menos é o que aponta o novo Relatório do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCE/RN).

Para ler a Coluna completa (Clique AQUI)
Relatório do Tribunal de Contas aponta mais de 18 Milhões desviados em Felipe Guerra Relatório do Tribunal de Contas aponta mais de 18 Milhões desviados em Felipe Guerra Reviewed by Blog Foco Notícia on 17:02 Rating: 5

Um comentário

Anônimo disse...

QUE HORROR.