Lobista ligado ao PMDB aceita fazer delação premiada

Apontado como o operador do PMDB no petrolão, Fernando Soares, o Baiano, fechou acordo de delação para colaborar com as investigações em troca de redução da pena. Preso há dez meses, o lobista afirmou a procuradores que pode dar informações sobre a atuação de políticos no esquema da Lava Jato. As informações é do jornal Folha de S. Paulo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.