A persistência de um grupo que pregava mudança

Enquanto a corrupção avançava e a impunidade reinava na cidade de Felipe Guerra, pelo mesmo período de mais de três décadas, outro grupo político carregou consigo o discurso de mudança, o qual manteve acesa a chama da esperança de um povo por dias melhores.

Ao longo daqueles anos, vários nomes do grupo que pregava a mudança tentaram vencer uma eleição, para que assim tivessem a oportunidade de mostrar que era possível fazer diferente. Mas parecia uma missão impossível, pois a maioria insistia em continuar com o sistema corrupto que instalava a ingovernabilidade no município.

Até que, em 07 de Outubro de 2012, antes mesmo de haver à intervenção judicial que antecipou o fim da era da improbidade, o povo felipense foi às urnas, quando mais uma vez este povo tinha a oportunidade de escolher entre apostar no novo ou continuar com o velho sistema corrupto.

Naquele dia o quase inacreditável aconteceu. Um novo nome - Haroldo Ferreira de Morais, uma nova estratégia – somar com o histórico adversário, venceu aquela acirrada eleição. O povo felipense, cansado de ser massacrado, depositou todas as suas esperanças de dias melhores no discurso de mudança de um grupo que passou mais de três décadas pedindo uma oportunidade.

Não poderia dar errado, e pelo que hoje é visto em Felipe Guerra, não deu. Ali começava de fato o novo tempo que a cidade vivencia.

Quer ler a série completa? Então acesse na íntegra (AQUI)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.