A revista que está incomodando...

A revista que está circulando nos quatro canto de Felipe Guerra, tem incomodado uma minoria de pessoas. O motivo é que a revista estampa várias ações realizadas na gestão do prefeito Haroldo Ferreira, que tem melhorado a vida da população de Felipe Guerra - Inclusive dos incomodados - e tem proporcionado o desenvolvimento da cidade em todas as áreas.

O informativo "Uma Gestão de Resultados" está em sua 2° Edição, e tem uma tiragem de 10 mil exemplares para ser distribuídos gratuitamente, onde a população terá uma visão mais ampla das principais obras, serviços e equipamentos realizados e conquistados na gestão atual.

A revista foi lançado ontem (28), e muitos felipenses - Inclusive uma parcela oposicionista de bom senso - usaram as redes sociais para parabenizar o prefeito Haroldo Ferreira pelas conquistas, pois os textos e as imagens apresentadas na revista cristalizam a realidade. 

A turma do quanto pior melhor, está a 3 anos sem argumentos plausíveis para criticar a gestão do prefeito Haroldo Ferreira, pois a falta de credibilidade ainda pesa sobre os líderes de oposição que "assaltaram" os cofres públicos durante anos, deixando a cidade no atraso. Mesmo procurando "brechas" na gestão para tentar passar uma imagem negativa, as pesquisas de consumo interno aponta aprovação da gestão atual com maioria absoluta na cidade. 

Por Thiago Gama
A revista que está incomodando... A revista que está incomodando... Reviewed by Blog Foco Notícia on 16:50 Rating: 5

6 comentários

Anônimo disse...

É bom lembrar amigo blogueiro que uma boa parte pra não dizer maioria dos que ajudarão a afundar o barco da oposição hoje se encontra na situação. por isso é bom ter cautela quando se fala de oposição. pois pra mim tá tudo misturado.

Anônimo disse...

Sem dúvidas que a "Ordem e o progresso" estão novamente habitando Felipe Guerra.
Parabéns Haroldo,dona Girlene e toda sua equipe. Feliz ano novo para todos vocês!

Anônimo disse...

Não precisa de estresse é mais quatro anos

Anônimo disse...

é mais quatro anos

Anônimo disse...

É melhor esperarem, pra 2016. e verem se estes números estão corretos mesmos. não foi o que vimos na de governo.

Anônimo disse...

Tem gente roendo