Apodiense que chamou jogador de macaco alegou “momento de raiva”


O apodiense Romário Monteiro Nunes da Costa, de 23 anos, pediu desculpas ao jogador do América de Natal, Pedro Ivo, após ofendê-lo chamando de "macaco" através do Facebook. O caso de racismo ocorreu no dia 16 de março e causou revolta aos torcedores.

Após semanas de investigação, policiais da Diretoria de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN) identificaram o suspeito, que confessou em interrogatório que proferiu as ofensas em um momento de raiva.

No dia 16 de março de 2016, Romário Monteiro publicou no perfil oficial do time América a seguinte postagem: “Olhar o nivel que o america chegou ate um macaco vira titular no time, serie d a vista lamentavel".

Romário Nunes prestou depoimento na delegacia de Polícia Civil de Apodi, região Oeste potiguar, onde o inquérito será instaurado, pelo fato de ele ter enviado a mensagem injuriosa daquele município.

De acordo com o delegado da DPGRAN responsável pela investigação Júlio Costa, Romário Monteiro confessou a autoria do crime, e arrependeu-se, alegando que postou um vídeo de retratação na página do Facebook do time desculpando-se pelo ocorrido, o que fez com que o jogador Pedro Ivo não prosseguisse com o inquérito.

“A prisão não foi realizada, pois não houve flagrante, já que o comentário foi enviado pela rede mundial. O jogador, vítima da injúria racial, decidiu não dar mais prosseguimento ao caso pela atitude de Romário, de se retratar, e pedir desculpas em vídeo”, revela o delegado responsável pela investigação, Júlio Costa.

Segundo ele, Romário Monteiro Nunes não apresenta ficha de antecedentes criminais.

Mossoró Hoje
Apodiense que chamou jogador de macaco alegou “momento de raiva” Apodiense que chamou jogador de macaco alegou “momento de raiva” Reviewed by Blog Foco Notícia on 13:42 Rating: 5

Nenhum comentário