Ofendido, José de Abreu cospe na cara de cliente de restaurante em São Paulo

O ator global José de Abreu foi um dos protagonistas de uma briga com xingamentos e cuspe na cara de um casal em um restaurante de São Paulo na noite desta sexta-feira. A briga começou porque o homem teria insultado o artista ao dizer "Vota no PT e vem comer no japonês!".

O ator contou sua versão do fato em sua conta no Twitter, onde afirma que a agressão foi gratuita, covarde e atingiu também sua mulher, que foi chamada de vagabunda.

''Acabei de ser ofendido num restaurante paulista. Cuspi na cara do coxinha e da mulher dele! Não reagiu! Covarde. Advogado carioca…'', afirma. ''Homem nenhum vai me chamar de ladrão sem levar o troco. Venha armado ou em grupo. Tenho 70 anos de dignidade'', completa.

José de Abreu diz ainda que o troco ao insulto foi uma homenagem ao deputado federal Jean Wyllys, que foi um dos assuntos da semana durante a votação na Câmara que decidiu pela abertura do processo de impeachment. O parlamentar também cuspiu na direção do polêmico parlamentar Jair Bolsonaro, que enalteceu o ex-chefe de um dos órgãos de repressão da ditadura militar.

A briga entre José de Abreu e o suposto advogado foi gravada por outros clientes do restaurante e compartilhada pelas redes sociais, mas ninguém saiu em defesa de nenhuma das partes no momento do ocorrido. A atitude do artista vem provocando reações de apoio e indignação desde que o evento foi divulgado nas redes e pela imprensa.

Na manhã deste sábado o ator twitou ainda: ''Uma pessoa geralmente odeia você por 3 motivos: 1) Querem ser você. 2) Odeiam a si próprios. 3) Veem você como uma ameaça.''

Assista ao vídeo

Fonte: Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.