Candidato a prefeito Victor Costa quer seguir o modelo de gestão do pai Hulgo e do primo Braz

O candidato a prefeito pela oposição, o médico Victor Costa (PSD) tem dito e reafirmado várias vezes que quer ser prefeito para resgatar e seguir o modelo de gestão do pai Hulgo e do primo Braz. Essa é mais uma prova que Victor Costa não saiu das sombras do pai e nem do primo, e está servindo apenas como um candidato decorativo.

Victor Costa é filho de Hulgo Costa, ex-prefeito por três mandatos e condenado pela justiça a devolver R$ 5,3 milhões de reais aos cofres públicos (AQUI). Já o ex-prefeito Braz Costa Neto teve suas contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado, e foi condenado a devolver mais de um milhão de reais aos cofres públicos que culminou na Operação ‘Ave de Rapina’.

Muitos eleitores que residem dentro e fora do município, que desaprova o modelo de gestão de Hulgo e Braz, precisam pensar uma, duas, três vezes, antes de se deixarem levar pelas “carinhas de anjo” de Victor Costa e Paulo Guilherme, que promete com todas as letras, resgatar o modelo de gestão ultrapassado de Hulgo e Braz, os quais protagonizaram o maior esquema de corrupção política/administrativa da história de Felipe Guerra.
Candidato a prefeito Victor Costa quer seguir o modelo de gestão do pai Hulgo e do primo Braz Candidato a prefeito Victor Costa quer seguir o modelo de gestão do pai Hulgo e do primo Braz Reviewed by Blog Foco Notícia on 10:28 Rating: 5

2 comentários

Anônimo disse...

O povo de Felipe Guerra terá a grande oportunidade de demonstrar sua maturidade política. Vai está postado para as pessoas escolherem entre duas formas de governo, duas maneiras de administrar uma cidade. Hoje podemos escolher entre futuro ou passado, progresso ou retrocesso, avançar ou recuar no tempo. Sei que as consequências de uma escolha errada pode significar para nosso município e para o nosso povo uma grande tragédia democrática, econômica e social. É nesse momento que nós, o povo, devemos ser, acima de tudo, responsáveis por nossas escolhas. O que adianta falar mal de deputados e senadores se a nível local você prefere defender políticos corruptos? Para que gritar: "não ao golpe" ou "fora presidente" se você trai a sua própria consciência em uma eleição municipal? A reflexão no dia da eleição dever ser um ato que todo cidadão felipense deve praticar.

Anônimo disse...

E ele não está mentindo não...está certinho, pois esse grupo não sabe administrar uma cidade, eles não sabem o significado de gestão, de democracia, de responsabilidade social e compromisso com o povo, vejam só...o que foi que esse candidato fez como médico em nosso município? atendeu alguém em sua residência como outrora tinha falado que iria fazer? prestou algum ato de compromisso como o povo de Felipe Guerra? E o vice dele? Vai passar quatro anos de administração debaixo de uma castanhola numa oficina ajeitando seu paredão particular em quanto o prefeito Haroldo faz a administração sozinho, sozinho até 1º de janeiro de 2017, porque a partir dessa data teremos Salomão Gomes como vice.