Candidato a vereador que matou esposa em Mossoró diz que foi sem querer

O candidato a vereador Alberto Sinézio da Silva Melo, suspeito de matar a própria esposa em Mossoró, se apresentou à polícia, na comapnhia de um advogado, na segunda-feira (15) passada e confessou o crime. Ele declarou que matou sem querer e que foi em legítima defesa.

O crime aconteceu na tarde de sábado (13). A jovem Francycris Fernandes, de 24 anos, se envolveu em uma discussão com o esposo e, em determinado momento, tentou feri-lo com um objeto pontiagudo. Neste momento, o candidato pegou uma faca e acertou a sua barriga.

“Ele disse que no empurra-empurra do momento acabou ferindo ela, mas disse que foi sem querer”, informou o delegado Rafael Arrais, responsável pelas investigações.

Após ser atingida, Francycris foi socorrida à Unidade de Pronto Atendimento do Alto de São Manoel e transferida para o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde morreu no dia seguinte.

Apesar de confessar o assassinato, o candidato Alberto Sinézio foi liberado, porque livrou o flagrante.

A morte de Francycris Fernandes foi um dos oito feminicídios registrados nos últimos 30 dias no Rio Grande do Norte. Ao longo de todo o ano, segundo o Observatório da Violência (OBVIO), já são 60 assassinatos de mulheres no estado.
Fonte: Mossoró Hoje
Candidato a vereador que matou esposa em Mossoró diz que foi sem querer Candidato a vereador que matou esposa em Mossoró diz que foi sem querer Reviewed by Blog Foco Notícia on 11:33 Rating: 5

Nenhum comentário