Polícia Civil paulista vai indiciar acusadora de Feliciano

A Polícia Civil de São Paulo vai indiciar a jornalista Patrícia Lélis por extorsão e denunciação caluniosa. Para o delegado Luiz Roberto Hellmeister, era falsa a denúncia feita pela garota, de que era mantida em cárcere privado pelo policial aposentado Talma Bauer.

A ocorrência contra Bauer foi registrada na última sexta-feira (5). Segundo Patrícia, o assessor do deputado Marco Feliciano a manteve refém e fez ameaças de morte caso não recuasse sobre a denúncia de estupro contra o parlamentar.

Um novo vídeo mostra Patrícia falando em valores com Bauer. Segundo o delegado, ela pede dinheiro em troca do silêncio, e não o contrário. Após a denúncia, Bauer chegou a ser detido e prestou depoimento, mas foi solto no dia seguinte.

Marco Feliciano foi acusado pela jornalista de tentativa de estupro e agressão. O caso gerou comoção. O parlamentar nega as acusações e denunciou Patrícia por calúnia.
Blog Ismael Sousa

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.