SINSP divulga nota de repúdio por parcelamento de salários dos servidores do RN

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta (SINSP) divulgou uma nota em repúdio ao parcelamento dos salários no Estado. Para a entidade a atual situação do funcionalismo é insustentável.

"Há nove meses os trabalhadores do serviço público do RN não sabem quando receberão seus salários, até a data de hoje (18), 10.408 servidores aguardam pelo pagamento referente ao mês de setembro. Esta é uma situação insustentável", diz o texto. 

Nesta terça-feira (18), o Governo do Estado divulgou a projeção para pagamento do restante da folha dos servidores referente a setembro. Atualmente, 10.408 funcionários públicos que ainda não receberam salários, terão R$ 5 mil depositados na sexta-feira. O restante dos valores só será pago no dia 29 de outubro.

O sindicato convoca os servidores para participarem da paralisação marcada para sexta-feira (21).

Leia a nota na íntegra:

NOTA DE REPÚDIO

O SINSP/RN - Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado do Rio Grande do Norte, entidade representativa de mais de 16 mil servidores públicos estaduais, vem a público declarar repúdio à maneira como o Governo do Estado vem conduzindo o pagamento dos salários dos servidores públicos.

Há nove meses os trabalhadores do serviço público do RN não sabem quando receberão seus salários, até a data de hoje (18), 10.408 servidores aguardam pelo pagamento referente ao mês de setembro. Esta é uma situação insustentável.

Na tarde desta terça-feira (18) o Governo anunciou que vai concluir a folha de pagamento dos servidores estaduais, até o dia 29 de outubro em duas parcelas: a primeira será paga na próxima sexta-feira (21) e a segunda no dia 29 de outubro.

O SINSP RN conclama a todos os servidores para se fazerem presentes no ato unificado dos servidores públicos estaduais que acontecerá na sexta-feira dia 21 de outubro. Será um dia de paralisação de todas as categorias do serviço público estadual contra o atraso e o parcelamentos dos salários dos servidores. A concentração será na praça cívica a partir das 9h da manhã, onde acontecerá uma assembleia geral dos servidores públicos estaduais.

O SINSP acredita que este é o momento certo de votar por uma greve geral dos servidores estaduais.  O momento é de unificar a luta. SEM SALÁRIO, SEM TRABALHO!

Janeayre Souto (Presidente do SINSP RN) 
Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.