Após votar a favor de projeto do executivo, Vereador Djalminha sinaliza volta ao grupo situacionista

Ao votar favorável ao projeto de autoria do Poder Executivo que pedia autorização para a utilização de recursos dos Royaltes na forma que "específica e dá outras providências", para prover o "Fundo de Previdência e Assistência Social do Município de Felipe Guerra", o vereador Djalma Júnior (Djalminha) possivelmente sinaliza sua volta ao grupo do prefeito Haroldo Ferreira ou terá uma posição independente.

Eleito pelo grupo da situação, a relação política entre o vereador Djalma Júnior e o prefeito Haroldo Ferreira havia sido rompido após Djalma Júnior ter empenhado sua palavra em favor do acordo firmado pela bancada situacionista e depois debandou para se unir com a bancada oposicionista, onde estava sendo oferecida a posição de presidente na chapa que até então contava com 4 (quatro) votos, incluindo o de Pedro Cabral, que acabou sendo eleito presidente com o apoio do grupo da situação.

Os vereadores que compõe o grupo de oposição como Jânio Barra, Max Morais e Genilson Nogueira se abstiveram de votar no projeto de Lei do Poder Executivo. Já o vereador Djalma Júnior que até então era tido como oposicionista, votou favorável ao projeto junto com os vereadores situacionistas como Pedro Cabral, Chicão, Marcos Aurélio, Ubiracy Pascoal e Ronaldo Pascoal.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.