Mossoró tem saldo negativo de 3 mil empregos formais em 2016

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Governo Federal mostra que, em 2016, Mossoró registrou um saldo negativo de 3.070 empregos. No ano passado foram gerados 20.266 novos postos de trabalho na cidade, mas as demissões superaram esse total, chegando a 23.336.

Os números foram divulgados nesta sexta-feira, 20, pelo Ministério do Trabalho. Somente em dezembro, Mossoró perdeu 826 empregos. Entre os setores que mais demitiram na cidade ao longo de 2016 estão o de Serviços (-1.140); Construção Civil (-984); Indústria da Transformação (-390) e Comércio (-357).

Apenas o setor da Agropecuária contabilizou saldo positivo de empregos em Mossoró no ano passado, com 219 novos postos de trabalho gerados. No Rio Grande do Norte e no Brasil os números, de forma geral, também foram negativos.

O Estado, por exemplo, fechou o ano com -16.286 empregos. No Brasil, o balanço do Caged 2016 mostra que foram perdidos 1.321.994 postos de trabalho, diminuindo o estoque de vagas formais em 3,33%.

Foram registradas 869.439 admissões e 1.331.805 desligamentos no período. O resultado mantém a tendência de mais demissões que contratações no mercado de trabalho brasileiro. A queda no estoque de emprego nas cinco regiões foi 22,4% menor que a observada no mesmo período de 2015.

A série histórica do Caged mostra que entre 2002 e 2016 ocorreram resultados negativos no estoque de vagas formais apenas em 2015 e 2016. A maior geração de empregos no período foi em 2010, quando 2.223.597 postos de trabalho foram criados. Os anos seguintes apresentaram resultados positivos, mas decrescentes.
Fonte: Mossoró Hoje, com informações da Agência Brasil
Mossoró tem saldo negativo de 3 mil empregos formais em 2016 Mossoró tem saldo negativo de 3 mil empregos formais em 2016 Reviewed by Blog Foco Notícia on 18:53 Rating: 5

Nenhum comentário