População se revolta e mata dois suspeitos de assalto na cidade de Riacho da Cruz/RN

A Polícia Militar registrou três Crimes Violentos Letais e Intencionais na região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte e um na região do Vale do Açu. O primeiro foi na cidade de Martins. A vítima é o Locutor Adriano Alves da Silva, de 32 anos (FOTO ACIMA), baleado e morto dentro de casa. Já em Riacho da Cruz, várias vítimas de assaltos perseguiram e mataram os suspeitos conhecidos por Adriano e Ryan. Em Assu, a vítima tem características de execução.

Os corpos foram removidos ou estão sendo removidos para exames na sede do Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP), em Mossoró, e ainda não foram oficialmente identificados. Sabe-se apenas que os dois mortos em Riacho da Cruz são do município de Umarizal, cidade que a foto dos dois foram veiculadas em grupos de Whatsap e identificados pelos nomes de Adriano e Ryan. Tem passagens pela Policia.

Em Martins, o locutor da Ótica Vida, residente no Sítio Canto, estava se preparando para dormir, quando um homem encapuzado entrou em sua casa armado e o matou a tiros na frente de sua família. Este é a segunda ocorrência de homicídio no município de Martins neste ano de 2017. O caso deve ser investigado pela Policia Civil. Na cidade, não se tem conhecimento de envolvimento da vítima com crimes.

Na sede do ITEP em Mossoró já são seis corpos, sendo que nenhum destes está oficialmente identificado. O médico legista está trabalhando neste momento para identificalos, enquanto outra equipe do ITEP está á caminho do Município de Assu, onde vão periciar um local de crime e remover um corpo com característica de execução encontrado por populares na manhã desta quarta-feira.

Além dos dois dos suspeitos de assaltos mortos em Riacho da Cruz, e do locutor assassinado dentro de casa em Martins, o ITEP Mossoró também trabalha para identificar oficialmente os corpos de vítimas de violência que vieram do Hospital Regional Tarcísio Maia e do município de Itaú, assim como os dois homens assassinados em Mossoró, um a facadas na Favela do Fio e outro a tiros no Santa Delmira.
Fonte: Mossoró Hoje

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.