Ex-presidiário morto em Apodi era ‘líder maior do PCC’, afirma delegado

O ex-presidiário Caio Rodrigo da Costa Caetano, mais conhecido como ‘Caio Pezão’, morto a tiros na segunda-feira (27), em Apodi, região Oeste do Rio Grande do Norte, era o principal líder da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) na cidade e estava prestes a voltar para a cadeia. A afirmação é do delegado de Polícia Civil do município, Renato Oliveira.

De acordo com o Blog do Josemário, que ouviu o delegado, Caio estava sendo investigado por um homicídio, duas tentativas de homicídio e tráfego de drogas na cidade. “Ele era o criminoso mais atuante em Apodi e todos esses crimes praticados na cidade foram motivados por guerra entre facções”, declarou o delegado.
Caio foi baleado quando saia de uma academia na noite de segunda-feita (27). Foi socorrido,  resistindo aos ferimentos, morreu em hospital de Apodi (foto: arquivo pessoal).
Ainda de acordo com Renato Oliveira, Caio estava sendo investigado pela morte do também ex-presidiário Francisco Jocivan Pessoa, de 21 anos, mais conhecido como ‘Boiadeiro’, que aconteceu em fevereiro no Bairro Cohab, pelos tiros disparados durante o carnaval por trás do Muralhas Club, no Bairro Betel e pela tentativa de homicídio ocorrida na noite de 17 de março no Bairro Bicentenário, que atentou contra a vida de ‘Chico Mecânico’, sendo que neste último caso o alvo seria o filho de ‘Chico’.

Antes de morrer, Caio revelou à polícia quem teria tentado matá-lo, o que direcionará as investigações aos suspeitos.

Caio Caetano foi a sexta vítima de homicídio em Apodi nos três primeiros meses deste ano.

Informações e Foto de Capa: Blog do Josemário Alves
Vi no Rede News 360
Ex-presidiário morto em Apodi era ‘líder maior do PCC’, afirma delegado Ex-presidiário morto em Apodi era ‘líder maior do PCC’, afirma delegado Reviewed by Blog Foco Notícia on 10:58 Rating: 5

Nenhum comentário