Foragido da Justiça recebeu R$ 1,2 mil para tentar matar adolescente em Apodi, aponta investigação

A Polícia Militar de Apodi prendeu nesta quinta-feira (23), seis criminosos suspeitos de aterrorizarem a cidade praticando crimes de roubos e até uma tentativa de homicídio no início dessa semana.

Entre os presos está Jeová Júlio Cavalcante Moura, de 23 anos, que é foragido da Penitenciária de Pau dos Ferros. Jeová é integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) e  liderava o grupo. 

Além de responder por crime de roubo, Jeová Júlio é apontado como autor da tentativa de homicídio contra o adolescente Igor Vinicius, conhecido como "Bigulão”. O crime ocorreu na última terça-feira (21) na no Centro de Apodi. 

Segundo o delegado Renato Oliveira, titular da Delegacia de Polícia Civil de Apodi e responsável pela Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE), Jeová tentou matar o adolescente para vingar uma tentativa de homicídio contra Marcos Matheus de Oliveira Moreira, também integrante do PCC, que foi preso nesta quinta (23).

"O adolescente teria tentado matar um integrante do PCC, e ele (Jeová) tentou matar o adolescente por isso", explicou o delegado.

Renato Oliveira explicou que Jeová Júlio recebeu R$ 1,2 mil e drogas para matar o adolescente. Tudo motivado por briga de facção, foi o que destacou o delegado sobre o crime contra o adolescente.

Durante a prisão de Jeová, outras cincos pessoas foram presas, entre elas duas mulheres. Com a quadrilha foram apreendidas drogas, arma de fogo e uma balança de precisão. 

Renato Oliveira afirma que continua nas investigações para identificar mais criminosos que vem agindo na cidade.

Fonte: Mossoró Hoje

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.