Pedro Fernandes e Fátima Raquel são eleitos para comandarem a UERN pelos próximos quatro anos

Os candidatos Pedro Fernandes e Fátima Raquel foram eleitos pela Comunidade Acadêmica – Professores, Estudantes e Técnicos – como Reitor e Vice-reitora da UERN para o mandato de 2017/2021.

A Comissão Eleitoral apurou 91% das urnas da eleição para Reitor(a) e Vice-Reitor(a) até as 0h20 desta quinta-feira (23). A apuração de 9% das urnas restantes será finalizada no período da tarde, às 14h, no Auditório da FAFIC. Não foram apuradas duas urnas de Caicó e duas de Assú – essas urnas não foram entregues oficialmente à Comissão Eleitoral.

Com 63,4% dos votos válidos, Pedro Fernandes foi reeleito Reitor da UERN, já Telma Gurgel obteve 36,6% dos votos. Na disputa para o cargo de Vice-Reitor(a), Fátima Raquel obteve 59,3% dos votos válidos, William Coelho ficou com 35,1% e Ivanaldo Gaudêncio com 5,2%.

Com o quadro irreversível, Pedro Fernandes falou sobre a vitória. “Tivemos a participação dos três segmentos. Agradecemos a todos os professores, técnicos administrativos e alunos que foram votar. Um reconhecimento à Comissão Eleitoral por encarar esse trabalho tão importante. A partir de agora, a Universidade deve se unir”, afirmou Pedro Fernandes.

A Vice-reitora eleita, Fátima Raquel, reforçou o agradecimento: “Faremos tudo o que for possível para honrar nosso compromisso. Vamos ter cada vez mais uma gestão democrática. Obrigada a todos vocês, podem ter certeza que esses quatro anos serão de muito trabalho”.

O percentual de 91% das urnas apuradas contabilizou 5.175 participantes – entre docentes, estudantes e técnicos administrativos, de um total de 11.236 aptos a votarem. Essa participação equivale a 45,95% do universo de eleitores da UERN, a abstenção foi de 54,05%.

O resultado final da eleição será oficializado pela Comissão Eleitoral na tarde desta quinta-feira (23), com a totalização da apuração.

Em video, através da Assessoria da UERN, o reitor reeleitor para mais 4 anos de gestão a frente da instituição agradece aos que fazem a instituição, disse que vai procurar "certas pessoas" para unir a todos pela UERN, bem como vai começar um trabalho forte em prol dos terceirizados.

Fonte: Mossoró Hoje

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.