Supermercado de Mossoró é flagrado com 100kg de carne vencida

Um dia após o mundo se estarrecer com as revelações da Operação Carne Fraca, um episódio em Mossoró reforçou a necessidade do consumidor também ser um agente fiscalizador. Na ‘Capital do Oeste’, como a cidade é conhecida, foram encontrados aproximadamente 100 kg do alimento com a data de validade ultrapassada.

A quantidade foi revelada por Gonzaga Júnior, subcoordenador De fiscalização do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Rio Grande do Norte (Procon/RN). O flagra feito em parceria com o Instituto de Pesos e Medidas do Estado (Ipem/RN) foi registrado em uma das quatro lojas do Supermercado Rebouças em solo mossoroense.

“Eram mais ou menos uns cem quilos entre carnes bovina, suína e de frango vencidos”, ressaltou Gonzaga. De acordo com ele, os produtos “foram retirados de imediato das prateleiras do supermercado para que ninguém mais adquirisse e fizesse uso”.

As irregularidades não se limitaram às carnes. Conforme informou o fiscal do Procon, produtos como iogurtes e requeijão também estavam à venda mesmo tendo extrapolado o limite de validade.

Numa tentativa de se livrar da responsabilidade, o supermercado depositou a culpa nos funcionários – é o que contou Gonzaga.

Irregularidades

A constatação dos produtos com prazo de validade ultrapassado ocorreu após os fiscais notarem outro erro: a data estava encoberta. “Eles taparam o vencimento com o adesivo do preço do produto. Achamos isso curioso e fomos averiguar, e aí notamos a fraude”, revelou Gonzaga.

Por impedir que o consumidor tivesse acesso à data de validade e por desrespeitá-la, a Rede Rebouças foi multada. O valor ainda está sendo levantado pelo Grupo de Avaliação e Levantamento (GAL) do Procon. Mesmo ainda indefinida Gonzaga garante que a quantia “vai ser alta”.

Rede Rebouças tenta esclarecer

A reportagem tentou o contato por duas vezes, com largo intervalo de tempo entre as duas tentativas, com a gerência da Rede Rebouças. Em nenhuma delas o objetivo foi alcançado. A atendente informou, em ambas, que estava havendo uma reunião da gerência com o dono do negócio.

Nas redes sociais, o Rebouças Supermercados divulgou uma nota de esclarecimento que pode ser lida a seguir, na íntegra:

O Rebouças Supermercados vem a público para explicar sobre o ocorrido no último dia 18 de março. Em uma fiscalização de rotina foram encontrados, pela primeira vez em mais de 25 anos de história, alguns produtos com a validade expirada em uma das nossas lojas. Diante disso, estamos revendo todos os processos de controle de qualidade e estoque, reforçando o treinamento dos funcionários, em especial das equipes responsáveis pelos setores envolvidos e realizando uma criteriosa análise dos mais de 25 mil itens que comercializamos. Diante deste erro operacional, admitimos e estamos encarando essa situação como uma oportunidade. Uma chance de evoluir e reafirmar o compromisso com a satisfação e confiança dos nossos clientes. A Direção.

Embora a nota da Rede Rebouças afirme que o flagra ocorreu numa “fiscalização de rotina”, o próprio Procon informou à reportagem que as fiscalizações em Mossoró ganharam mais rigor apenas mais recentemente.

Clientes não se convencem

Clientes da Rede Rebouças responderam ao comunicado postado no Facebook. De acordo com os comentários de alguns consumidores, cujos nomes estão preservados pela reportagem, não é a primeira vez que produtos com a validade expirada foram encontrados no negócio.

“Eu mesma já comprei produtos vencidos com vocês (Rede Rebouças), e quando voltei, na semana seguinte, a data da validade tinha sido raspada e as garrafas continuavam à venda. Reclamei, falei com diversos funcionários e gerente. Saí de lá apenas com promessas que isso não iria se repetir, que nunca tinha acontecido, que era culpa dos promotores”, afirmou uma consumidora.

Outro cliente denuncia que a prática da rede não se restringe apenas a Mossoró. “Na filial de Assú, no setor de produtos como granola e similares sempre encontro produtos fora da data de validade. Sejam alerta, mantenham os clientes fidelizados dos mínimos aos mais importantes detalhes.”

Portal Noar

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.