MP investiga esquema de desvio de recursos públicos em Santana do Matos

O Ministério Público do Rio Grande do Norte deflagrou, na manhã desta terça-feira (18) a Operação Recovery, que apura desvio de recursos públicos na execução de contrato de recuperação de automóveis e fornecimento de peças automotivas na cidade de Santana do Matos, na região Seridó do estado. Sete ex-gestores do município (entre eles, uma ex-prefeita e ex-secretários) estariam envolvidos no esquema de desvios.

De acordo com a investigação, os desvios aconteceram entre o período de dezembro de 2013 a dezembro de 2016, com uma empresa automotiva sediada em Caicó. Segundo o MP, o município de Santana do Matos efetuou pagamentos no valor de R$ 186.227,16 para a empresa investigada.

Participam da operação 25 Policiais Militares e nove Promotores de Justiça, que cumprem oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de condução coercitiva, nos municípios de Santana do Matos, Caicó, São José do Seridó e Parnamirim.

De acordo com a operação, foi comprovado o recebimento de valores provenientes da empresa automotiva por, pelo menos, sete ex-gestores do município de Santana do Matos (entre eles, uma ex-prefeita e ex-secretários). A investigação apontou que os serviços eram pagos pela prefeitura da cidade, mas não eram efetuados pela empresa. “Os veículos, conforme depoimentos, encontram-se em péssimo estado mecânico, sem que, ao menos, tenha se procedido à troca de óleo”.

A investigação teve início com o compartilhamento de provas da Operação Infarto, que investigou um esquema formado por servidores públicos municipais, que desviaram cerca de R$ 2 milhões do município de Santana do Matos, mediante fraudes na contratação de tais locadoras de veículos e na execução dos contratos.

G1/RN

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.