Autoridades e sociedade civil organizada discutem reforma da Previdência em Felipe Guerra

Autoridades políticas, entidades religiosas e sindicais, servidores públicos e sociedade civil organizada em geral, se reuniram no final da tarde desta segunda-feira (01), na Câmara Municipal de Felipe Guerra, em Audiência Pública que discutiu a reforma da Previdência Social e os impactos desta nos pequenos municípios brasileiros.

Participaram da Audiência todos os vereadores felipenses, o prefeito Haroldo Ferreira (PSB), o vice-prefeito Salomão Gomes (PR), os vereadores apodienses Gilvan Alves (PTdoB), Bebé Gama (PTdoB) e Genivan Varela (PC do B) -presidente da Câmara Municipal de Apodi -, o articulador Caramuru Paiva, do município de Campo Grande/RN – representante da Frente Brasil Popular do Oeste Potiguar -, dentre outros.

A Audiência se iniciou com ministração de palestra com o engenheiro agrônomo Marcirio Lemos, do Centro Terra Viva, na qual foram abordados os principais pontos negativos e positivos da reforma da Previdência Social proposta pelo governo de Michel Temer (PMDB), que ora está em discussão no Congresso Nacional.

Depois de ampla discussão, restou entendido que os principais afetados com a reforma, se aprovada como é proposta, serão os homens e mulheres do campo, os quais, certamente, não terão condições de atender os requisitos para futuramente requererem suas aposentadorias.

Cientes da forma como a sociedade foi atropelada pela discussão da reforma da Previdência Social e que tudo se encaminha para sua aprovação no Congresso Nacional, restou para as autoridades municipais e representantes da sociedade civil organizada, firmar o compromisso de cada um fazer sua parte no sentido de pressionar os deputados federais e senadores do Rio Grande do Norte para que votem contra a proposta. Além disso foram colhidas centenas de assinaturas em abaixo-assinado que será encaminhado ao Congresso Nacional.

Durante a Audiência, a deputada federal potiguar Zenaide Maia (PR) enviou um vídeo (AQUI) através do qual parabenizou os organizadores e o Município de Felipe Guerra, por ter sido o primeiro e único no Rio Grande do Norte a realizar uma discussão tão ampla sobre a reforma da Previdência Social. 

Após a Audiência, a população felipense, autoridades e representantes de classes subiram a Avenida Mira Selva em protesto contra as reformas que estão sendo realizadas pelo governo Temer. Em seguida, houve show cultural em praça pública com o cantor e compositor Cezôca e sua Banda Brazôca, bem como sorteio e entrega de brindes à populares.

Articulada pelo vereador felipense Ubiracy Pascoal (PR), a Audiência Pública foi considerada um sucesso pelos realizadores, haja vista ter envolvido todas as correntes políticas, sindicais, religiosas e associativas da cidade e atraído autoridades de outros municípios da região Oeste potiguar, para discussão de um tema que afeta a vida da maioria dos cidadãos e cidadãs brasileiras, especialmente nos pequenos municípios, como no caso de Felipe Guerra, onde mais de 50% dos recursos circulantes da economia local são oriundos das aposentadorias e pencões pagas pelo INSS.
Fonte: Rede News 360
Autoridades e sociedade civil organizada discutem reforma da Previdência em Felipe Guerra Autoridades e sociedade civil organizada discutem reforma da Previdência em Felipe Guerra Reviewed by Blog Foco Notícia on 12:59 Rating: 5

Nenhum comentário