Mais de cinco mil pessoas vão às ruas contra o fechamento do Hospital Regional de Apodi

Uma multidão realizou grande manifestação, na manhã desta quarta-feira (19), contra o fechamento do Hospital Regional de Apodi pelo Governo do Estado. O protesto reuniu mais de cinco mil pessoas, segundo os organizadores, e culminou na interdição da rodovia federal BR - 405 por mais de uma hora e meia. 

A manifestação teve como objetivo chamar a atenção do governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, para o Hospital Regional Hélio Morais Marinho, situado em Apodi. A unidade corre o risco de ser fechada pelo Estado e transformada em Unidade de Pronto Atendimento ou Unidade de Básica de Saúde. 

Esta medida foi anunciada através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado pelo Governo do RN, Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério Público Estadual (MPRN). 
Durante o protesto, moradores e representantes políticos de Apodi, Felipe Guerra, Itaú e outros municípios da região declararam palavras de ordens e usaram faixas enfatizando que não irão aceitar o fechamento do hospital. 

A diretora estadual do SINDSAÚDE, Rosália Fernandes, declarou ao Blog do Josemário.com que a manifestação foi bastante positiva e que o sindicato vai continuar lutando contra esta medida. 

“Esse movimento foi extremamente positivo, foi um levante da população de Apodi e das cidades vizinhas que utilizam os serviços do hospital. Este é um marco e amanhã será em Caraúbas. Estamos construindo dias de lutas em todos os hospitais que estão sendo ameaçados de fechamento”, disse. 

Rosália acrescentou ainda que a categoria não acredita no que diz o governador do Estado. “Ele diz que não vai fechar, mas nós não acreditamos nesse discurso, porque ele já falou isso com relação ao Hospital da Mulher e o Hospital da Polícia, e mesmo assim os serviços foram fechados”, concluiu. 
O prefeito de Apodi, Alan Silveira, afirmou ao blog que está pronto para fazer uma parceria com o Estado na gestão do Hospital Regional e destacou que a manifestação teve uma só bandeira, que foi o não fechamento da unidade. 

“Estamos trabalhando aqui sem cor partidária, tudo por uma causa que é o não fechamento do hospital e sim o investimento. O Município está pronto para apoiar a população, eu estou pronto, estou ao lado do povo de Apodi, e a gente quer investimento para este hospital”, destacou. 
Como medida de fortalecimento da manifestação, a Prefeitura decretou ponto facultativo pela manhã para que a população somasse forças em favor da causa. 

Construído há 30 anos, o Hospital Regional Hélio Morais Marinho atende aos municípios de Apodi, Felipe Guerra, Severiano Melo, Rodolfo Fernandes, Itaú e algumas cidades do Ceará. Sua demanda está em torno de 200 pacientes ao dia. 

Os principais procedimentos oferecidos pelo hospital são os atendimentos aos casos de urgência e emergência, clínica cirúrgica, ambulatório, raios X, entre outros.

Fonte: Blog do Josemário Alves
Mais de cinco mil pessoas vão às ruas contra o fechamento do Hospital Regional de Apodi Mais de cinco mil pessoas vão às ruas contra o fechamento do Hospital Regional de Apodi Reviewed by Blog Foco Notícia on 14:58 Rating: 5

Nenhum comentário