Policiais voltam a trocar tiros com assaltantes em Campo Grande; outro assaltante morre

A Polícia Militar voltou a se confrontar com assaltantes do Banco Bradesco de Brejo do Cruz no final da manhã desta segunda-feira, na região que compreende entre as cidades de Janduis e Campo Grande (Sítio Grossos). Neste domingo, quatro morreram e 3 foram presos. Nesta segunda-feira, 4, um suspeito não resistiu e outros 4 ou 5 estão no mato sendo seguido pela polícia.

Em contato com o portal Mossoró Hoje, a Polícia Militar da Paraíba já havia informado que haviam capturado mais ou menos metade da quadrilha que espalhou terror em Brejo do Cruz e que o restante do bando havia se refugiado no mato durante a troca de tiros ao meio dia deste domingo, entre as cidades de Janduis e Campo Grande. Informaram que a parceria com a PM do RN continuaria para prender os outros.

Na manhã desta segunda-feira, 4, os policiais do RN receberam reforços de equipes especiais da região Oeste. Entre os policias, o major PM Inácio Brilhante. Após a troca de tiros, com um baleado sendo socorrido para Campo Grande, o Major Brilhante pediu ajuda dos colegas das cidades próximas para fazer barreiras na região para fechar a saída dos suspeitos.

O suspeito já chegou sem vida ao Hospital Regional de Caraúbas, já que em Campo Grande não havia médico. O corpo está na críptida do Hospital Regional Doutor Aguinaldo Pereira da Silva, aguardando remoção para exame e identificação oficial. O trabalho da Policia Militar tem o respaldo da Polícia Civil de Patu e também da cidade de Catolé do Rocha.

ATENÇÃO TODOS OS POLICIAIS!!!! O GTO Alexandria encontra-se nesse momento no encalce do restante dos meliantes que estão foragidos e o Major Brilhante quer que quem tiver contato com os policiais de UPANEMA, de PATU, de CARAÚBAS e de ASSÚ, falar para os mesmos fazerem Barreiras nas estradas abordando todo e qualquer veículo.”

Nos informes, os policiais pedem a população que tenham cautela ao trafegar entre as cidades de Campo Grande e Janduis, principalmente nas imediações da Fazenda “Macacos” e/ou sítio Grossos, pois segundo eles, tem assaltantes armados naquela região e podem querer tomar veículos de assaltos para fugirem. O cerco policial continua.

Mossoró Hoje

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.