Número de eleitores diminui após biometria em Felipe Guerra

Diminui o número de eleitores aptos a votarem em Felipe Guerra, pertencente a 45ª Zona Eleitoral. De acordo com dados extraoficiais, a quantidade de eleitores passou de 6.995 em 2016 para 5.898 após a biometria. Uma redução de 1.097 votantes que representa um percentual de 13.88%.

Como a tendência para cada eleição é o natural aumento no número de eleitores, a redução apresentada tem relação direta com o processo de cadastramento biométrico, ocorrido na zona eleitoral entre 18 de novembro e com encerramento em 16 de dezembro vindouro. Foram 5.759 revisões, 41 transferências e 98 novos títulos.

Segundo o TRE/RN, a falta do cadastramento biométrico implica no cancelamento do título do eleitor, bem como impedimentos em benefícios sociais, em concursos públicos, irregularidade do CPF e passaporte, entre outras consequências. O eleitor que perdeu o prazo, está sujeito a multa e poderá ir até o cartório eleitoral mais próximo e regularizar a situação até maio de 2018, para que o título possa voltar a ficar ativo imediatamente.

A biometria é um método tecnológico que permite reconhecer, verificar e identificar uma pessoa por meio de suas impressões digitais, que são únicas. A tecnologia foi implementada na Justiça Eleitoral com o objetivo de prevenir fraudes e tornar as eleições brasileiras ainda mais seguras, uma vez que a identificação biométrica torna inviável que um eleitor tente se passar por outro no momento da votação.

Foto: Santana Notícia
Número de eleitores diminui após biometria em Felipe Guerra Número de eleitores diminui após biometria em Felipe Guerra Reviewed by Thiago Gama on 16 dezembro Rating: 5

Nenhum comentário