Gêmeos felipenses são aprovados para Medicina e Direito pelo SISU

Lucas Patrícius (E) e Nícolas Patrícius (D) comemoraram o feito.
Os gêmeos, Nícolas Patrícius e Lucas Patrícius, ambos de 18 anos, naturais e residentes na cidade de Felipe Guerra/RN, foram aprovados, ao mesmo tempo, em cursos de Medicina e Direito, respectivamente, em universidades públicas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que tem como base a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017.

Aprovado em Medicina pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Nícolas Patrícius obteve uma média de 747,45 pontos no Enem 2017, e ficou em 13° colocado entre os classificados como cotista social, dedicado aos estudantes de escolas públicas. Já Lucas Patrícius foi aprovado em Direito pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), obtendo uma média de 719,10, ficando em 3° lugar entre os classificados que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas.

Eles ficaram sabendo do resultado nesta segunda-feira (29), quando foram divulgados os aprovados na primeira lista de 2018 do Sisu.  Os irmãos sempre estudaram em escola pública e moram com o pai, o servidor da Polícia Federal, Patrício Leite, e a mãe, a coordenadora pedagógica Luzia Medeiros. Foram deles o maior incentivo para seguir em qualquer carreira profissional que optassem.

"Alegria, gratidão... e em dobro. Afinal, eu e meu irmão verificamos o resultado ao mesmo tempo", disse Lucas no momento em que tomou conhecimento do resultado. Ele atribui sua aprovação a sua família e amigos: "Apoio fundamental recebido da minha família e dos meus amigos, que me apoiaram e me orientaram em todas as situações. Também atribuo à minha formação acadêmica desde a educação infantil até o ensino médio. Tenho certeza que tive os melhores professores".

Ao escolher o curso, Lucas externou que precisou analisar esse e outros cursos de sua lista de preferências. "Não tinha ideia alguma sobre o que eu desejava cursar, e ainda tenho minhas dúvidas. Mas meu pai, que tem um bom contato com a área, me auxiliou na decisão", disse.

"Eu não pensava muito sobre qual carreira queria seguir, quando cresci mais, inclui medicina nas minhas opções principais", disse Nícolas Patrícius, aprovado em Medicina. Ele atribuiu sua aprovação principalmente às pessoas que auxiliaram nesse último ano: "amigos que estavam do meu lado, minha família, meus professores e especialmente ao meu irmão que não me deixou falhar na rotina de estudos", disse Nícolas, que é considerado o primeiro estudante de Felipe Guerra a passar em uma universidade pública no curso de Medicina no município.

Os gêmeos, Nícolas Patrícius e Lucas Patrícius sempre estudaram na rede pública de ensino, com passagem na Escola Municipal Júlio Cavalcante, Escola Municipal Professor José do Patrocínio Barra e atualmente está concluindo os estudos no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) em Apodi/RN.

Gêmeos felipenses são aprovados para Medicina e Direito pelo SISU Gêmeos felipenses são aprovados para Medicina e Direito pelo SISU Reviewed by Thiago Gama on segunda-feira, janeiro 29, 2018 Rating: 5

2 comentários

Anônimo disse...

O primeiro estudante de Felipe Guerra é Anchieta casado com a filha de Eduardo.. parabéns aos meus amigos.

Blog Foco Notícia disse...

Agradecemos ao seu comentário. Informamos que Anchieta foi aprovado em Odontologia pela UERN/Caicó e conseguiu fazer uma transferência para Medicina na UERN/Mossoró. Por esse motivo, não consideramos como se ele fosse um aprovado diretamente em Medicina. Forte Abraço!