É difícil, mas não impossível, a eleição de um deputado estadual filho e residente na Chapada do Apodi

Numericamente falando, a microrregião da Chapada do Apodi, na mesorregião Oeste Potiguar, possui eleitores suficientes para eleger deputado estadual. A discussão em torno deste assunto vem sendo feita ao longo dos últimos anos e é intensificada sempre que se aproximam as eleições estaduais. No entanto, o que falta é consenso para que este desejo se torne realidade.

O fato é que a cada novo pleito estadual, o que tem inviabilizado a eleição de um deputado da nossa região tem sido os interesses individuais, e até escusos, das principais lideranças políticas da Região Oeste, especialmente da Chapada do Apodi. O acirramento político local, o jogo do quem dá mais e até tráfico de influência tem norteado as decisões de prefeitos, vereadores e demais lideranças no tocante ao apoio para deputado seja estadual ou federal.

O desejo do povo oestano de eleger um deputado da região é deixado de lado e este povo é negociado por cabeça, igual a gado, quando é chegada a hora das definições de apoios para deputado. As negociatas acontecem às escondidas, em gabinetes de parlamentares e casas de campo, longe dos olhos e principalmente dos ouvidos do povo. Daí aparecem do nada candidatos de outras regiões do estado, os quais são apresentados ao povo que os abraçam sem ao menos questionar, pois é um povo manipulado através da paixão política-partidária.

Diante dos fatos expostos acima, nos convencemos cada vez mais do quão é difícil, mas não impossível, a eleição de um deputado estadual filho e residente na Região Oeste, que precisará de buscar apoio de outras regiões do estado, uma vez que as lideranças políticas oestano tem uma paixão obcecado pelos políticos fora da nossa região, que só aparecem em datas festivas e eleições. Resta-nos sabermos se, em 2018, surgirá um nome com chances reais de êxito e disposto a encarar a árdua missão.
É difícil, mas não impossível, a eleição de um deputado estadual filho e residente na Chapada do Apodi  É difícil, mas não impossível, a eleição de um deputado estadual filho e residente na Chapada do Apodi Reviewed by Thiago Gama on sábado, fevereiro 17, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário