Professores da UERN decidem por 175 a 161 acabar com a greve que já durava 127 dias na instituição

Os servidores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) decidiram, por maioria pequena (175 x 161), acabar com a greve que já durava 127 dias na instituições, pleiteando salários em dia do Governo do Estado.

A Assembleia dos professores e técnicos da UERN aconteceu na sede da Associação de Docentes da UERN (ADUERN), que fica perto do Campos Central da universidade em Mossoró. Com cerca de 800 associados, pouco mais de 300 compareceram na Assembleia.

Assembleia começou com os professores e técnicos da UERN fazendo um minuto de silêncio em memória da vereadora Marielle Franco (RJ), brutalmente assassinada a tiros noite da quarta-feira, 14, no Rio de Janeiro.

Em seguida, os professores e técnicos votaram para terminar ou não. 175 decidieram pelo fim da greve e 161 pela manutenção da greve. Três decidiram se absteram. Com a decisão, os professores assumiram compromisso de retornarem a sala de aula na próxima semana.

Mossoró Hoje
Professores da UERN decidem por 175 a 161 acabar com a greve que já durava 127 dias na instituição Professores da UERN decidem por 175 a 161 acabar com a greve que já durava 127 dias na instituição Reviewed by Blog Foco Notícia on 16 março Rating: 5

Nenhum comentário