Pesquisa FIERN/CERTUS revela retratos da Sociedade Potiguar

O descrédito generalizado e a rejeição elevada da classe politica, em decorrência dos sucessivos escândalos de corrupção, não impulsionaram os chamados “oustsiders” na corrida presidencial. Os eleitores do Rio Grande do Norte (80,21%) preferem eleger como presidente da República um político experiente, porém, sem envolvimento em denúncias de corrupção. A informação consta da pesquisa FIERN/CERTUS divulgada neste domingo (05) ao meio dia, pela Federação das Indústrias.

A pesquisa mostra também que ainda é alto o índice de eleitores que não escolheram em quem votar. A seis meses das eleições de outubro quase metade dos eleitores do Rio Grande do Norte ainda não têm candidatos ao governo do estado e à presidência da República. Na pergunta estimulada, para governador são 40,36% que responderam “Nenhum” e “Não sabe” e à presidência 39,36%. Para o Senado o número atinge 87,87%, quando o eleitor é informado que poderá votar em dois nomes, e em quem ele daria o seu primeiro voto.

A pesquisa FIERN/CERTUS aponta, na estimulada, a senadora Fátima Bezerra liderando com 25% das preferências eleitorais, para o governo do estado, seguida pelo ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo, com 14,54%, o ex-governador Geraldo Melo, com 7,66% e o governador Robinson Faria 5,04%. A pesquisa também revelou a rejeição dos eleitores. Para o governo do estado, Robinson lidera, com 39,65%, seguido por Fátima Bezerra, 9,72%, e Carlos Eduardo, 7,94%

Os eleitores também foram consultados sobre os governos Robinson e Temer. 82,34% dos potiguares desaprovam a gestão do governador. Por regiões do Estado, o índice chega a mais de 84% na Grande Natal, Seridó e região Central. Já o Governo Temer é desaprovado por 88,37% dos entrevistados. O descontentamento é registrado em todas as atividades, entre os funcionários públicos chega a 92,98%, entre os de carteira assinada 90,69% e trabalhador informal 89,76%.

Na eleição para o Senado, que tem duas vagas em disputa, a intenção de votos (primeiro+segundo votos), na pesquisa estimulada aponta Garibaldi Filho com 12,59%, José Agripino 11,63%, e Geraldo Melo 8,12%. Os que optaram por “Nenhum dos candidatos citados” representa 36,77% e “Não Sabe” 14,43%.

No cenário em que o eleitor é instado a indicar o seu primeiro voto Garibaldi fica com 19,08%, seguido por José Agripino (13,40%) e Zenaide Maia (11,77%). Já para o segundo voto, os eleitores preferem José Agripino (9,86%), seguido por Geraldo Melo (9,22%) e Garibaldi Filho (6,10%).

O ex-presidente da República Lula está na frente no Rio Grande do Norte, na estimulada, com 40,07%; Bolsonaro tem 7,73% e quase empatados aparecem Ciro Gomes 2,98% e Marina Silva 2,91%. Os que disseram votar em “Nenhum” representa 27% dos entrevistados e 12,34% “Não sabe”. No cenário sem Lula, os votos migram para “Nenhum” 33,45%, “Não sabe” 14,23%, o “Candidato do PT” fica com 12,46% e 12,28% dos votos de Lula vão para Ciro Gomes.

Registrada na justiça eleitoral com os códigos BR-08786/2018 e RN-01096/2018, a pesquisa “Retratos da Sociedade Potiguar” realizou 1.410 entrevistas entre os dias 27 à 30 de abril de 2018 em todo o estado. É a primeira de cinco que a Federação das Indústrias divulgará até às eleições.


Fonte: FIERN
Pesquisa FIERN/CERTUS revela retratos da Sociedade Potiguar Pesquisa FIERN/CERTUS revela retratos da Sociedade Potiguar Reviewed by Blog Foco Notícia on 06 maio Rating: 5

Nenhum comentário