Pesquisar....

Fiat patrocinará Seleção Brasileira até 2022

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou na última quinta-feira (14) uma parceria com a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) pelos próximos quatro anos. O anúncio oficial aconteceu na sede da CBF, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, e contou com a presença do presidente da entidade, Rogério Caboclo, do presidente da Fiat na América Latina, Antonio Filosa, do treinador da Canarinho, Tite, e do coordenador da CBF, Edu Gaspar.

Com o novo patrocínio, o nome da Fiat estará associado à Seleção Brasileira em todas as categorias: base, masculina e feminina. O período irá cobrir a Copa do Mundo Feminino (França), Copa América Brasil 2019, Copa América 2020, Jogos Olímpicos de Tóquio (Japão) 2020 e Copa do Mundo do Catar 2022.

"É um prazer imenso (essa parceria). É a seleção das seleções. Nascemos na Itália, mas acho que muitos reconhecem a Fiat como a fabricante de carros mais brasileira. É a maior seleção, cinco vezes campeã do mundo. Duas vezes, infelizmente, em cima da Itália", disse Filosa, demonstrando bom humor por trás do carregado sotaque italiano. A justificativa da Fiat é que ela é a mais brasileira das montadoras, uma vez que a FCA é a fabricante com maior índice de nacionalização de seus produtos (superior a 90%, em média, conforme dados da própria empresa), ampla base de fornecedores de nível mundial instalados pelo país e a maior capacidade de Engenharia e Design instalada no Brasil - o que a torna a única empresa do setor a deter domínio localmente sobre todo o ciclo de concepção, projeto, desenvolvimento, teste e produção de veículos.
BERIKAN KOMENTAR ()